Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Câmara entrega economias de 2021 ao Paço Vereadores esperam que recorde de R$ 11,5 milhões seja aplicado na Saúde

Publicada em 22/12/2021 às 23:52
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
LEGISLATIVO
 
O presidente da Câmara Municipal, Cláudio Sorocaba (PL), acompanhado pelo vereador Cristiano Passos (Republicanos), entregou ao prefeito Rodrigo Manga, nesta quarta-feira (22), o cheque simbólico que representa a economia de R$ 11,5 milhões feita pelo Legislativo sorocabano em 2021. A economia é, segundo Cláudio Sorocaba, recorde na história da Casa de Leis e deve ser utilizada na área da Saúde. "Apesar do cheque estar no valor de R$ 10 milhões, tenho uma notícia ainda melhor. Hoje vamos depositar R$ 11,5 milhões para a Prefeitura. A Câmara Municipal, nossos servidores e vereadores fizeram um trabalho muito grande este ano e, com esse valor economizado, estamos mostrando que é possível sempre aumentar a efetividade dos nossos trabalhos", acentuou o presidente.
 
O vereador Cláudio Sorocaba pediu ainda ao prefeito, no evento simbólico realizado ontem pela manhã no Palácio dos Tropeiros, sede do Executivo local, que os recursos sejam utilizados na área da Saúde, se possível para ajudar a Santa Casa de Misericórdia. "Nós não podemos determinar onde serão utilizados esses recursos, mas conversamos com o prefeito e esperamos que, preferencialmente, seja utilizado na área de Saúde.  Tenho certeza que esse valor, neste momento, será muito bem utilizado”, afirmou.
 
O prefeito Manga comemorou a economia. "Nós tivemos um ano de grande produtividade e esses recursos serão importantes. Agora, é esperar a transferência para podermos utilizar", destacou.
 
OUTRO RECORDE - A Câmara Municipal encerra o primeiro ano de sua 18ª Legislatura, comemora também o presidente Cláudio Sorocaba, com quase 9 mil proposituras protocoladas pelos vinte vereadores que tomaram posse a 1º de janeiro, “um recorde de produção na Casa. O número supera a produção legislativa dos dois anos anteriores somados”. 
 
Até segunda-feira (20), foram apresentadas 8.962 proposituras, incluindo 489 projetos de lei, 22 projetos de emenda à Lei Orgânica do Município, 46 projetos de Resolução Interna e 84 de decretos legislativos. Também foram apresentadas neste ano 64 moções e mais de 3 mil requerimentos e 5 mil indicações, além dos atendimentos diretos que os vereadores fazem nos bairros. Para o presidente da Câmara, os números refletem o empenho e o trabalho conjunto dos vereadores, suas assessorias e os servidores da Casa, mesmo em meio à pandemia. 
 
Neste ano ainda, a Câmara de Vereadores de Sorocaba implantou novos sistemas tecnológicos, diminuindo o uso de papel e dinamizando o trabalho, o que possibilitou a manutenção dos processos, mesmo durante as restrições sanitárias impostas pelo coronavírus. “O desenvolvimento tecnológico, promovido pelos próprios servidores, possibilitou o fim da tramitação de processos em papel com a Prefeitura e também a adoção de um sistema inovador de participação popular em nossas audiências públicas, que puderam ser realizadas de modo 100% virtual em boa parte do ano”, comemora igualmente Cláudio Sorocaba.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar