Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Crise hídrica atinge Sorocaba e região

Publicada em 15/12/2021 às 20:56
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
O nível da represa de Itupararanga está no volume morto. Desde terça-feira (14), a vazão baixou de 2,25 mil litros para 2 mil litros por segundo e chegou a 19,91% de capacidade. Na tarde desta quarta-feira (15), o Paço Municipal emitiu um comunicado convocando a imprensa para uma entrevista coletiva, nesta quinta-feira (16), para abordar a crise hídrica. O Ministério Público já havia feito em setembro uma conferência com o Comitê de Bacia Hidrográfica e o Grupo de Trabalho da Crise Hídrica para debater sobre a redução na vazão da represa. 
 
Em Araçoiaba da Serra, a concessionária Águas de Araçoiaba, responsável pelo sistema de tratamento e distribuição de água, revisou o plano de abastecimento periódico e, desde esta quarta-feira, começou a distribuição de água por regiões. A medida visa garantir o fornecimento de água para o município, já que o nível do rio Pirapora, de onde é captada a água que abastece cerca de 90% da população, chegou a zero nos últimos dias, voltando ao ponto crítico registrado em agosto. A concessionária fará o possível para manter o abastecimento ininterrupto, caso haja condições. 
 
O racionamento de água na cidade de Porto Feliz, na região de Sorocaba, também teve mudanças na terça-feira (14). De acordo com Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), agora, os moradores ficarão um dia com água e outro sem. A medida deve-se ao nível da represa Itupararanga, que abastece mais de 70% de Sorocaba e outras cidades da região, ter baixado para 19%. O número é abaixo do que em 2014, quando a crise hídrica atingiu a região. Na época, o reservatório estava com capacidade de 29% em novembro. Segundo a autarquia, a medida deve durar até, pelo menos, o dia 31 de dezembro. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar