Quinta-Feira, 2 de Dezembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ESPORTE ‘Jogo de Copa’, comenta Tite sobre partida com Argentina Brasil ficou no empate sem gols com o adversário

Publicada em 17/11/2021 às 22:39
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
ELIMINATÓRIAS 
 
Apesar do empate por 0 a 0, Brasil e Argentina fizeram um grande jogo no Estádio de San Juan del Bicentenário, em San Juan (ARG). Essa foi a análise do técnico Tite após a partida, que foi comparado por ele a um confronto digno de Copa do Mundo. "O nível técnico das duas equipes, a marcação, o posicional forte das duas equipes. Os embates individuais, os duelos. A alternância de momentos de domínio e controle, sim. É jogo de Copa do Mundo", afirmou o treinador. Para o jogo de terça-feira (16), Tite escolheu uma Seleção mais jovem, com opções como Raphinha, Vinícius Jr. e Matheus Cunha entre os titulares. 
 
O comandante gostou do que viu, principalmente pela verticalidade que o time apresentou. "Tivemos o Vini agudo de um lado, com a proposta de atacar os espaços, com Raphinha, com Antony, um modelo de uma equipe mais vertical. O gramado deu-nos uma qualidade muito boa. Um espetáculo com alternâncias, uma equipe mais com a bola, outra mais vertical, mas ninguém controlando o outro, tamanha a qualidade técnica dos atletas", analisou. Satisfeito com o desempenho técnico do time, Tite fez uma ressalva sobre a partida. Ainda no primeiro tempo, o zagueiro Nicolas Otamendi acertou Raphinha com uma cotovelada, que não rendeu a ele o cartão vermelho.
 
JOGO DIFÍCIL – Já o zagueiro Éder Militão disse que enfrentar a Argentina nunca é fácil, contudo ressaltou que o Brasil soube defender-se bem no clássico. "A gente sabia que ia ser um jogo difícil, mas conseguimos nos manter fortes. Tivemos oportunidades de fazer gol até. É dar mérito para o trabalho que o professor vem fazendo, dar continuidade, voltar para os clubes para ano que vem a gente voltar mais forte", afirmou o zagueiro após a última partida do ano pela Seleção. Entre os vários perigos apresentados pela Argentina, o atacante Lionel Messi despertava muita atenção da defesa do Brasil. 
 
Na Europa, Militão já teve alguns confrontos contra o camisa 10 da Albiceleste, e o defensor não poupou elogios para o rival após o jogo. "A gente conseguiu inibir ele. Já tive o prazer de enfrentá-lo, quando estava no Barcelona. É um jogador surreal. Mas graças a Deus fomos bem e conseguimos segurá-lo", comemorou. Essa foi a última partida da Seleção Brasileira em 2021. A equipe encerrou a temporada como líder das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, com 11 vitórias e dois empates em 13 jogos. O próximo compromisso é na Data FIFA de janeiro, com jogos contra Equador, fora de casa, e contra o Paraguai, em Belo Horizonte.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar