Quinta-Feira, 2 de Dezembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Quadrilha que assaltou o shopping ainda não foi encontrada

Publicada em 16/11/2021 às 21:02
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Foto: Divulgação

A Polícia continua procurando a quadrilha que assaltou uma relojoaria no Iguatemi Esplanada Shopping, nos altos do bairro do Campolim, na Zona Sul, por volta das 20h30 de sábado (13). De seis a dez criminosos estavam envolvidos. 

O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia de Votorantim, mas o caso é investigado sob a responsabilidade da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Sorocaba. O tradicional centro de compras, entretenimento, lazer e gastronomia fica na divisa entre os dois municípios.

Segundo o boletim de ocorrência elaborado pela Polícia Militar, o bando invadiu o local, rendeu uma vigia na entrada e fez de refém outro segurança que estava na porta da relojoaria, entrou, rendeu as funcionárias e as obrigou a abrir o cofre. Os bandidos pegaram um relógio avaliado em R$ 101 mil, outros três orçados, ao todo, em R$ 187.950 e diversas joias que, somadas, chegam a R$ 500 mil. O prejuízo total foi de R$ 708.950. 

O grupo ainda tentou assaltar uma outra joalheria, mas não conseguiu, pois foi abordado pelos vigilantes. Durante a fuga, a quadrilha efetuou diversos disparos para o alto, atingindo o teto, pilastras e vidros. As funcionárias da joalheria disseram ter visto duas pistolas na cintura de um dos criminosos. Já outras testemunhas disseram que eles estavam com uma arma longa também. A Polícia encontrou ainda duas cápsulas deflagradas em frente à relojoaria e nove no estacionamento do shopping.

Os assaltantes também roubaram dos vigilantes um revólver Taurus, calibre 38, com seis munições intactas, mais uma arma do mesmo modelo e calibre, com 12 munições intactas, além de um colete balístico. 

FUGA RUMO A RAPOSO – Os assaltantes fugiram em um Volkswagen Virtus prata e em um Honda Civic branco, ambos constados depois roubados. Eles saíram sentido à portaria de um hipermercado situado próximo ao Iguatemi Esplanada Shopping, adentrando à Rodovia Raposo Tavares, sentido Capital.

Não houve confronto entre os policiais e os bandidos. Ninguém ficou ferido, como de início chegou-se a propalar pelas redes sociais, atemorizando muita gente, porém houve muita correria, tensão e desespero no interior do Shopping, que estava relativamente bem frequentado no momento do assalto e seus desdobramentos. Muitos frequentadores, principalmente aqueles que se encontravam no momento no piso da ocorrência, buscavam abrigo no interior das lojas próximas ou mesmo corriam em fuga desesperada pelas escadas rolantes.

Na tarde de domingo (14), Polícia Rodoviária foi acionada e localizou os dois automóveis usados pela quadrilha em fuga no posto de combustíveis situado no Km 12 da Rodovia Senador José Ermírio de Moraes (SP-75), a Castelinho, isto por volta das 16h30. Segundo o boletim de ocorrência, a equipe da Rodoviária encontrou os carros utilizados no assalto durante patrulhamento de rotina. Os policiais viram os veículos estacionados de forma suspeita, atrás de um caminhão baú, e decidiram averiguar. Em consulta às placas, nenhuma irregularidade foi encontrada. Porém, ao verificar os números dos chassis dos vidros, constatou-se que a numeração não condizia com as placas – as placas estavam adulteradas. Por meio de mensagens em grupos no WhatsApp, os policiais concluíram, então, tratar-se dos automóveis utilizados no assalto e, em pesquisas nos sistemas de informação, descobriram que eram roubados, embora sem poder precisar data e local dos roubos. Um deles está registrado com endereço de Sorocaba. 

Imediatamente, a área foi isolada até a chegada dos investigadores da Deic de Sorocaba que, por sua vez, acionaram a perícia. Após as análises, os carros foram levados para a Delegacia de Polícia de Itu. De acordo com a Polícia Militar, os veículos podem ter sido clonados, mas também isso ainda não é possível afirmar.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar