Terça-Feira, 30 de Novembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Carnaval 2022 não terá dinheiro público

Publicada em 16/11/2021 às 20:47
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
O prefeito Rodrigo Manga anunciou, nesta terça-feira (16), que o Município não aplicará um centavo de recursos públicos municipais para a realização do Carnaval em 2022 em Sorocaba. Acrescentou, inclusive, que já oficiou os secretários Luiz Antônio Zamuner (Cultura) e Marcelo Regalado (Fazenda) a respeito dessa decisão.
 
Manga contudo, falando à imprensa, fez questão de acentuar ser importante acentuar que a decisão da Administração Municipal não se trata de uma medida contrária à realização do Carnaval no Município. “As ações e eventos dessa importante festa popular brasileira poderão ocorrer normalmente na cidade o ano que vem, desde que realizadas por meio de parcerias com a iniciativa privada ou recursos das próprias escolas de samba e blocos carnavalescos por exemplo”, asseverou o chefe do Executivo. “Todo e qualquer evento de Carnaval em nossa cidade terá que ser feito em parceria com outros agentes, como a iniciativa privada. O dinheiro público tem que continuar sendo investido na Saúde, na Educação e em Segurança, áreas que há anos vêm sendo deixadas de lado e negligenciadas por administrações anteriores”, esclareceu ainda.
 
Manga também cita investimentos importantes que são extremamente necessários na área da Saúde, como os mutirões para zerar as filas de consultas, exames e cirurgias, que se estendem há anos na cidade; a contratação de mais médicos e a construção do novo Hospital Municipal, para justificar sua decisão de não liberar recursos da Prefeitura para o Carnaval’2022. Já na área da Educação, segundo ainda o prefeito a prioridade do Governo é investir na manutenção, modernização e construção de novas escolas e na qualidade do ensino oferecido aos alunos da Rede Municipal. “Em Segurança, a Prefeitura de Sorocaba aplicará recursos, dentre outros programas, na Operação Delegada entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar e na implantação do COII (Centro de Operações Integradas e Inteligentes), sistema que unificará as informações coletadas por videomonitoramento, que serão compartilhadas com todas as forças de segurança pública do Município”, acrescentou, lembrando que com essa iniciativa de implantação do COII no item Segurança, “serão utilizados equipamentos e sistemas analíticos, inteligentes e integrados, compostos de sensores perimetrais externos, sensores internos, softwares e câmeras em todos os próprios públicos de Sorocaba”. 
 
“Entendemos assim que, neste momento, a prioridade é resgatar a nossa cidade, que estava abandonada”, finalizou o prefeito.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar