Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ECONOMIA Declaração de Guedes replica e ativos brasileiros despencam

Publicada em 21/10/2021 às 15:21
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Abr)
As declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre despesa fora do teto de gastos, replicaram a má reação das praças domésticas com ativos brasileiros, negociados nos mercados externos, despencando na manhã desta quinta-feira (21). As negociações no Brasil viam o dólar disparar acima de R$ 5,67 e os juros futuros saltarem 60 pontos-base. Contratos de real transacionados na Bolsa Mercantil de Chicago caíam 2,1%, com 1 dólar valendo R$ 5,672. Em Paris, um ETF que acompanha o Ibovespa desabava 5,2%, maior queda desde março. No pré-mercado em Nova York, o iShares MSCI Brazil ETF caía 3,8%. 
 
Os preços no Brasil já estavam dando indícios de estresse no fim da sessão de quarta-feira (20), quando o ministro disse que o governo avaliava se o benefício temporário, que irá vitimar o novo Bolsa Família, seria pago fora do teto, o que demandaria uma licença para um gasto de R$ 30 bilhões, ou se havia opção por uma mudança na regra constitucional do teto de gastos para acomodá-lo. O dólar spot fechou longe da mínimas do dia e o dólar futuro voltou a superar os R$ 5,60 na quarta-feira; nesta quinta, saltou acima de R$ 5,68. O Ibovespa também fechou a uma distância da máxima da sessão. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar