Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ECONOMIA Comércio espera crescimento de 3% nas vendas para o Dia das Crianças

Publicada em 30/09/2021 às 22:56
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
ECONOMIA
 
O comércio da cidade também adentra a outubro cercado de boas perspectivas, diante da retomada da economia com o abrandamento das medidas de isolamento social por conta da pandemia e, principalmente, pela aproximação do Dia das Crianças, considerada a terceira data mais importante para o varejo nacional. Este ano, as primeiras projeções também do comércio sorocabano voltado à venda de itens que servem para presentear na data, a 12 de outubro, indicam altas de, pelo menos, 3% na procura.
 
No ano passado, mesmo com a pandemia em alta, as vendas de Dia das Crianças apresentaram um aumento significativo em relação ao ano de 2019. Grande parte desse aumento foi impulsionado pelo e-commerce. Neste ano, com o fim das restrições no comércio, os lojistas estimam que o maior volume de vendas deve ficar com as lojas físicas.
 
Levantamento divulgado esta semana pela Federação das Câmaras de Diretores Lojistas do Estado de São Paulo, com base em pesquisas realizadas com CDLs da Capital e do Interior, incluindo a Câmara dos Diretores Lojistas de Sorocaba também, aponta que, particularmente no comércio físico, cerca de 70% dos lojistas estimam que os shoppings receberão a maior parte dos consumidores. O setor de brinquedos deve ser o mais procurado e, na sequência, eletrônicos e vestuário. 
 
Por ser tradicional para o varejo, o levantamento ainda aponta que, diferentemente das outras datas sazonais, o perfil do consumidor para o Dia das Crianças é constituído também por familiares e parentes, que têm o costume de presentear nesse período, o que gera boas expectativas para o balanço final do semestre. 
 
Dentro do atual momento do varejo, os comerciantes afirmam que o Dia das Crianças tem potencial para alavancar as vendas, mas os lojistas podem colaborar com esse cenário. Para eles, descontos, promoções e facilidade nas formas de pagamento são aliados. Além disso, alimentar e investir nas estratégias do ambiente digital colabora para o crescimento da demanda. “Neste ano, o Dia das Crianças servirá como indicador da retomada do varejo, mostrando o comportamento do consumidor. Com o avanço da vacinação e fim das restrições, esperamos que a retomada para o comércio aconteça, na prática, e colabore com um crescimento para 2022”, explica o presidente da Federação das Câmaras de Diretores Lojistas, Maurício Stainoff.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar