Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Chegam mais três carros do antigo Trem Ouro Verde

Publicada em 23/09/2021 às 19:23
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
MEMÓRIA FERROVIÁRIA
 
Em uma operação logística que levou três dias, outros três carros de passageiros do projeto ‘EFS Ouro Verde 80 Anos’ acabam de ser transportados para Sorocaba, com o objetivo de sediar eventos dessa ação da Sorocabana - Movimento de Preservação Ferroviária, viabilizada por intermédio do Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado (ProAC/ICMS).
 
O projeto objetiva o resgate de cinco carros de passageiros construídos na Alemanha, em 1937, pela Linke-Hofmann-Werke, e que compunham o mais famoso trem da antiga Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), o primeiro da companhia a ser construído em aço e responsável pela interligação ferroviária entre São Paulo, Sorocaba e Assis, chegando posteriormente a Presidente Epitácio. 
 
Desta vez, a operação consistiu no içamento, transporte por via rodoviária e descarregamento em Sorocaba dos carros Dormitório-Salão BDL-202 e 2ª Classe C-206, então abandonados em Botucatu; e do carro Restaurante R-201, que estava recolhido em Ribeirão Preto, todos doados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Anteriormente, já haviam sido transportados os veículos Bagagem-Correio EF-201 e o carro de 1ª Classe B-202, igualmente cedidos pela União. Desta forma, o icônico Trem Ouro Verde está novamente reunido em Sorocaba, quase 60 anos após sua desativação, para sua preservação definitiva como patrimônio histórico da ferrovia brasileira e da indústria ferroviária mundial.
 
A operação de descarregamento em Sorocaba contou com apoio da Urbes - Trânsito e Transportes.
 
EXPOSIÇÃO - Após trabalhos de higienização e estabilização de corrosões, os cinco carros serão utilizados como espaço de uma exposição temporária e ação de educação patrimonial no Centro de Memória Ferroviária de Sorocaba, situado na Estação Paula Souza, em alusão à história do Trem Ouro Verde e da ligação ferroviária de passageiros no Estado de São Paulo. O projeto contempla ainda a digitalização de 1.200 desenhos técnicos fornecidos pela indústria ferroviária alemã à Estrada de Ferro Sorocabana quando da aquisição do trem e que subsidiarão, além da mostra temporária, futuros projetos de restauração dos cinco veículos.
 
Pelo valor tecnológico, cultural e social do Trem Ouro Verde para a história da ferrovia em São Paulo, as ações foram submetidas, inclusive, ao Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Arquitetônico e Turístico do Estado (Condephaat), que autorizou as operações logísticas e a realização do projeto.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar