Segunda-Feira, 29 de Novembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< BRASIL Senadores apontam participação de empresas em lavagem de dinheiro

Publicada em 23/09/2021 às 19:16
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Abr)
CPI DA PANDEMIA 
 
Sócio-proprietário da empresa Primarcial Holding e Participações e diretor institucional da Precisa Medicamentos — empresa que representou a indiana Bharat Biotech no contrato para compra dos imunizantes Covaxin para o Ministério da Saúde — o empresário Danilo Trento, que não prestou compromisso de dizer a verdade, negou ter havido pedido de interferência do presidente Jair Bolsonaro ou do líder do governo da Câmara, deputado Ricardo Barros (PP), para a aquisição da vacina indiana. Os senadores apresentaram fluxogramas de empresas de Francisco Maximiano, dono da Precisa, e de Danilo Trento, apontando possível esquema de lavagem de dinheiro.
 
Garantindo-se de um habeas corpus para não responder à maior parte das perguntas, Trento calou-se sobre outras empresas em que teria atuação, se é remunerado ou tem ganhos societários, sobre sua participação na 6M Participações, assim como a Precisa, também de propriedade de Francisco Maximiano. “Como diretor institucional da Precisa Medicamentos, não participo das negociações”, limitou-se a responder o depoente ao negar saber que parcela em valores do contrato, na importação da vacina Covaxin para venda ao Ministério da Saúde, caberia à Precisa.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar