Segunda-Feira, 29 de Novembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SAÚDE SP aplica terceira dose em idosos em setembro Dose de reforço será feita com vacina que estiver disponível no posto

Publicada em 25/08/2021 às 21:41
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A terceira dose de vacina para idosos tem sido cobrada por especialistas (Foto: ABr)
Idosos com mais de 60 anos de idade do Estado de São Paulo vão tomar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 a partir do dia 6 de setembro. A informação foi dada pelo governador João Doria.  A medida vale para todos que já completaram a segunda dose há mais de seis meses. Já os que tomaram a segunda dose há menos de seis meses deverão aguardar para tomar a terceira. “É a partir do sexto mês que há uma queda na imunidade. Então não teria sentido a dose adicional para as pessoas que ainda estão por completar seis meses da aplicação da segunda dose”, explicou João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência.
 
A terceira dose de vacina para idosos tem sido cobrada por especialistas por causa da queda na proteção para idosos, o que vem provocando aumento no número de internações para essa faixa etária, mesmo entre os já vacinados, desde o mês passado. Ela também é necessária por causa da variante Delta, que surgiu inicialmente na Índia, e vem provocando aumento de casos de Covid-19 em todo o mundo. “Temos melhoras nos indicadores em São Paulo. Mas também temos uma preocupação importante, principalmente com a presença da variante Delta na nossa população”, disse Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus.
 
Segundo João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência, a dose de reforço será feita com a vacina que estiver disponível no posto de saúde, independentemente de qual vacina foi tomada anteriormente pelo idoso. A dose de reforço vale inclusive para aqueles que tomaram a dose única da Janssen.  A maior parte dos idosos do País tomaram a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac, e que é aplicada em duas doses. O governo paulista ainda não anunciou como será feito o escalonamento, ou seja, em que dias cada faixa etária acima de 60 anos poderá buscar um posto de saúde.
 
GERAL - O Ministério da Saúde também informou que iniciará, na segunda quinzena de setembro, a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a todos os indivíduos imunossuprimidos após 28 dias da segunda dose e para as pessoas acima de 70 anos vacinados há 6 meses. A decisão pela aplicação da terceira dose foi tomada de forma conjunta na noite de terça-feira (24), em reunião da pasta com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) e a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (Cetai).
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar