Quinta-Feira, 2 de Dezembro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDITORIAL Tarifas caras demais

Publicada em 10/08/2021 às 18:18
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Apesar dos pesares pelos quais toda a sociedade brasileira vai passando desde o início da pandemia no ano passado, o que se percebe é que aos poucos a reação da economia, alavancada pelo consumo e pela indústria, vai reforçando as arrecadações federal, estaduais e municipais. Claro que o cenário atual ainda não oferece perspectivas favoráveis, com o desemprego atrapalhando a vida de milhões de pessoas, mas o fato é que, de forma gradativa, principalmente neste momento em que quase todas as atividades produtivas vão sendo retomadas, há que se acreditar que o pior de tudo vai ficando para trás.

Na verdade, a economia, tão decantada, ainda vai demorar um pouco mais para sair do sufoco de uma maneira mais ampla enquanto a pandemia continuar prevalecendo no País, mas o bom é saber que até o vírus começa a ser sufocado pela vacinação em massa que vai ocorrendo por todo o território nacional. Daí a necessidade dessa providência merecer uma atenção especial de todos. Infelizmente, o que já vai impactando os brasileiros além da conta é a inflação, principalmente o valor da tarifa de energia elétrica que, como já vinha sendo anunciado, está extrapolando todas as expectativas em razão dos problemas hídricos que o Brasil se vê obrigado a enfrentar. Uma das casas na região do Trujillo, em Sorocaba, por exemplo, mais precisamente na rua Mary Dora D'Arienzo Favoretto, onde atualmente reside apenas um casal, a conta deste mês chegou a R$ 580,00, com aumento superior a 35%. Claro que uma importância como essa não deixa de ser algo dos piores para todo mundo, principalmente nesta época em que a pandemia exige gastos extras para muitas famílias.

"A conta de luz não deixa de ser uma verdadeira afronta aos brasileiros em geral, já que se trata de uma tarifa das mais caras de todo o mundo"             

Naturalmente, o balanço das contas em 2021 ainda deverá ser muito desfavorável, mas, certamente, a retomada em 2022 deverá trazer novas perspectivas para todos. Apesar de ainda ser difícil o renovar das esperanças, com certeza não vai demorar muito para todo mundo começar a sonhar com o melhor, livre dos males que a própria humanidade faz questão de produzir de maneira inconsequente.

Por enquanto, o mais importante a ser feito é a imunização de toda a população contra a covid-19 e suas variantes, já que isso é que vai fazer com que o Brasil em breve possa voltar ao normal. Por outro lado, como já dissemos, o que não pode é a exorbitância das contas impostas pelos órgãos públicos sobre a população, exatamente como ocorre com a energia elétrica. O fato é que, no Brasil, por exemplo, a conta de luz não deixa de ser uma verdadeira afronta aos brasileiros em geral, já que se trata de uma tarifa das mais caras de todo o mundo. Por mais que os anos passem e por mais que se fale a respeito, é extremamente lamentável tudo continuar de mal a pior nessa área.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar