Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< INTERNACIONAL Suspeitos de assassinato de presidente são mortos a tiros Duas pessoas foram detidas após intenso tiroteio

Publicada em 08/07/2021 às 16:58
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Foto: Agência Brasil
Quatro pessoas supostamente envolvidas no assassinato do presidente haitiano, Jovenel Moise, foram mortas pela polícia e mais duas foram detidas na quarta-feira (7), anunciou o diretor-geral da polícia, Léon Charles. A operação também libertou três agentes da polícia que tinham sido sequestrados pelos possíveis assassinos. "Quatro suspeitos foram mortos, dois foram detidos e estão sob o nosso controle. Três policiais que tinham sido feitos reféns foram libertados", afirmou Charles. Segundo o secretário da Comunicação, Frantz Exantus, eles foram detidos pela polícia após intenso tiroteio em Pelerin, onde fica a residência de Moise.
 
O ministro da Cultura, Pradel Henriquez, disse que os suspeitos do assassinato são estrangeiros, falam espanhol e inglês, mas não forneceram detalhes sobre sua nacionalidade ou identidade. O primeiro-ministro interino, Claude Joseph, afirmou que a situação de segurança no país está sob controle, acrescentando que o relatório sobre a morte de Moise foi concluído e que o seu corpo foi transferido para um necrotério na capital. Em relação ao estado de saúde da primeira-dama, Martine Moise, Joseph assegurou que ela está fora de perigo, depois de ter sido transferida para um hospital em Miami, nos Estados Unidos.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar