Terça-Feira, 11 de Maio de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Mandetta frisa que ciência balizou suas decisões

Publicada em 04/05/2021 às 18:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Agência Brasil)
Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, nesta terça-feira (4), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta ressaltou que a ciência foi um dos principais critérios usados por ele para a tomada de decisões em relação ao novo Coronavírus. Antes de responder às primeiras perguntas do dia, feitas pelo relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB), o ex-ministro da Saúde fez um balanço de sua gestão, ressaltando todas as medidas que sua pasta tomou no início da pandemia de Covid-19.  
Segundo Mandetta, sob seu comando, a pasta foi conduzida com base em três pilares, a defesa intransigente da vida, de que nenhuma vida seria desvalorizada; a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) como meio para agir durante a pandemia; e a ciência como elemento de decisão. Já durante a fase de perguntas, Mandetta rechaçou declarações do relator de que no início da pandemia o Ministério da Saúde tivesse orientado pacientes a buscar serviços de saúde apenas quando tivessem sintomas severos como falta de ar. "Isso não foi verdade. Estávamos no mês de fevereiro, janeiro. Não havia um caso registrado no País.”
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar