Quinta-Feira, 13 de Maio de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Legislativo quer garantir transparência na vacinação

Publicada em 04/05/2021 às 17:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Em primeira discussão, o Legislativo sorocabano aprovou em nova sessão realizada de forma mista (presencial e virtual, sem presença de público), nesta terça-feira (4), projeto de autoria da vereadora de Fernanda Garcia (Psol), em tramitação desde o mês de janeiro, que obriga o Executivo a divulgar no portal de transparência da Prefeitura o número de doses aplicadas de vacinas contra a Covid-19 no Município. A divulgação desses dados deverá ser atualizada diariamente, detalhando data, local da aplicação, fase da vacinação e quantas doses estão disponíveis na cidade, “de forma a proporcionar fiscalização popular e evitar fura-fila na dispensação das doses”.

Fernanda defendeu o projeto reforçando que se trata de um apelo da população. Citou ainda, como exemplo, a Prefeitura de João Pessoa (PB), que já possui a ferramenta de transparência em seu site. “Tendo no Portal da Transparência essa aba, haverá liberdade de pesquisa e possibilidade de que a população exerça o direito de controle social”, afirmou.

Outros vereadores também foram à tribuna defender a divulgação dos dados previstos no projeto que, conforme tais manifestações, poderão embasar investigações de possíveis denúncias de irregularidades. O vereador Fernando Dini (MDB) e o líder do Governo, Manga na Casa João Donizeti Silvestre (PSDB), anunciaram, contudo, que apresentarão emendas ao projeto em segunda discussão. “Achamos importante dar transparência a isso e reforçamos a importância da vacinação”, afirmou João Donizetti. Já Vitão do Cachorrão (MDB) sugeriu que se adote na cidade o ‘vacinômetro’, a exemplo do chamado ‘impostômetro’, que divulga a arrecadação com impostos.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar