Sexta-Feira, 14 de Maio de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Prefeitura estuda reutilizar resíduos de construção civil

Publicada em 23/02/2021 às 09:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
A Prefeitura, representada pelos secretários da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), Tiago da Guia, e do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), Antonio Prieto, reuniu-se nesta segunda-feira (22) com o presidente da Cooperativa dos Trabalhadores da Construção Civil de Sorocaba e Região, Erculano Ramos Filho, para dar início às tratativas para viabilizar a reutilização de resíduos da construção civil no programa Casa Digna.
 
O intuito da atual Administração Municipal é formular um projeto que reverta, inicialmente, a sobra de construção de blocos de vedação às famílias que são atendidas nesse amplo programa de regularização fundiária. “Com esses blocos, poderemos possibilitar melhorias habitacionais para as famílias em situação de vulnerabilidade social e permitir que o projeto ‘Lotes Sociais’ seja viabilizado aos moradores de áreas de risco, que hoje são atendidos no auxílio-moradia”, explica o secretário Tiago da Guia.
 
O chamado ‘Lotes Sociais’ foi instituído pela Lei Municipal nº 12.084/2019 e prevê o atendimento de pessoas provenientes do auxílio-moradia, com a doação de terrenos públicos com toda a infraestrutura necessária, como água potável, saneamento básico, iluminação, coleta de lixo, dentre outros serviços.
 
Além disso, em parceria com universidades, estudantes de arquitetura e técnicos da Sehab desenvolverão e ofertarão protótipos de plantas sociais, que vão variar conforme o perfil e as necessidades de cada família, para que elas já tenham uma base de edificação para ser construída. Além disso, os moradores receberão um levantamento prévio da quantidade de material necessário e o custo previsto da obra.
 
Além de atender ao programa Casa Digna, amparando as famílias sorocabanas que mais precisam ao direito da moradia, a reutilização desses blocos de vedação será um gerador de empregos diretos e indiretos na cidade, assim como reduzirá os impactos no Aterro de Inertes, na medida em que ampliará a reciclagem de resíduos da construção civil em Sorocaba. “Primando pela inovação e sustentabilidade, buscamos diversas alternativas para que ações do presente sejam oportunidades no futuro”, finaliza o secretário Tiago.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar