Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SAÚDE ‘Tratamento precoce fez e faz diferença’, diz Pazuello

Publicada em 03/12/2020 às 20:07
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Por sua vez, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, defendeu ontem que a mudança de protocolo que passou a orientar o tratamento da Covid-19 fez e faz a diferença na evolução da doença no Brasil. A defesa deu-se em reunião virtual com outros ministros da Saúde dos países que formam o Mercosul. 

Em julho, o Ministério da Saúde alterou um protocolo e recomendou que pessoas com sintomas leves típicos da doença procurassem um médico para diagnóstico precoce da Covid-19; antes, a diretriz indicava a busca por ajuda profissional apenas em caso de sintomas mais graves.

Em maio também, após determinação do presidente Jair Bolsonaro, a pasta divulgou um documento que ampliava a possibilidade de uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para pacientes com sintomas leves do novo Coronavírus, fora os graves. Na reunião, Pazuello voltou a falar que a curva de casos e óbitos da Covid-19 é alongada. 

Ele justificou que o Brasil tem dimensões continentais e que diferentes regiões foram atingidas em momentos distintos da pandemia. Em seguida, fez a defesa da mudança de protocolo para a busca de tratamento precoce. “O que fez e faz a diferença para nós foi o tratamento precoce, a mudança de protocolo de cuidado aos pacientes”, disse. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar