Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍTICA MP pede cassação da candidatura de Manga

Publicada em 18/10/2020 às 22:02
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: divulgação)
O Ministério Público Eleitoral pediu a cassação da candidatura de Rodrigo Manga (Republicanos) alegando fraude e abuso de poder econômico.
 
A ação judicial envolve cinco políticos da cidade e possui pedido de tutela de urgência.
 
O documento assinado pelo promotor de justiça da 137ª zona eleitoral, Fabrício Pereira de Oliveira, solicita ainda que, se condenado, Manga fique inelegível por oito anos.
 
Além de Manga, o MP também cita na ação o presidente estadual do partido Josué Tavares Santos, o candidato a vereador pelo PTB, Cícero João da Silva, o presidente da nova comissão provisória do Avante, Luiz Dias da Motta Neto, e o candidato a vice-prefeito pelo Republicanos, Fernando Martins da Costa Neto.
 
O promotor afirma que foi verificada a prática de ilegalidade na destituição da primeira Comissão Provisória do Avante de Sorocaba, bem como na constituição e nomeação de uma segunda Comissão Provisória, com o propósito de eliminar a candidatura do candidato a prefeito Flaviano Agostinho de Lima, em favorecimento direto da candidatura de Rodrigo Manga. Ainda segundo o documento, essas condutas se deram mediante emprego abusivo de poder econômico e fraude.
 
Em nota, a coligação informa  que “tem sido vítima da judicialização da campanha eleitoral e, dentre várias ações impostas pela oposição, já obteve êxito na grande maioria delas. Sobre essa ação em questão, ainda desconhece seu conteúdo, mas tem a tranquilidade e a certeza de que se trata de mais uma tentativa infrutífera de ataque”.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar