Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< BRASIL Dos alunos da rede municipal paulistana, 16% foram infectados

Publicada em 18/08/2020 às 22:07
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Pesquisa aplicada a partir da testagem de alunos da rede municipal de ensino de São Paulo indicou que 16,1% das crianças e adolescentes entre 4 e 14 anos foram infectados pelo novo Coronavírus e contraíram a doença. O percentual é maior do que entre a população geral da Capital paulista que, segundo o estudo divulgado na semana passada, tem 10,9% de pessoas que já foram contaminadas pelo vírus. A pesquisa divulgada ontem pela Prefeitura foi feita a partir de exames para indicar a presença de anticorpos em 6 mil dos 676 mil estudantes da rede de ensino municipal.
 
Os jovens foram divididos em três grupos por faixa de idade de 4 a 5 anos; de 6 a 10 anos; e de 11 a 14 anos. O percentual dos que tiveram contato com o vírus variou de 16,5%, entre os mais jovens, a 15,4%, para os mais velhos. A pesquisa também mostrou que os alunos negros foram significativamente mais contaminados, com um percentual de 17,8% de crianças e adolescentes pretos e pardos que tiveram o vírus. Entre os estudantes brancos, o índice ficou em 13,7%. Cerca de dois terços (64,4%) dos jovens que foram contaminados pelo Coronavírus não desenvolveram os sintomas.
 
As famílias da maioria dos alunos informaram ter aderido completamente ao isolamento social (74,1%) e 24,1% disseram que cumpriram parcialmente as medidas para evitar o contágio com o vírus. Menos de 2% disse não ter seguido as recomendações. O estudo mostra, ainda, que 25,9% dos jovens da rede municipal têm contato com pessoas com mais de 60 anos, grupo de risco para a Covid-19. Para o prefeito Bruno Covas, os resultados mostram que não é possível retornar às aulas em setembro, seja na rede pública, seja nas particulares. Segundo Covas, novas pesquisas serão feitas para avaliações.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar