Domingo, 25 de Julho de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ESPORTE LSB/Uniso já pensa no Mogi depois de perder para Solar Cearense na prorrogação

Publicada em 15/01/2017 às 09:38
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A Liga Sorocabana de Basquete retornou ao Nordeste onde fez dois jogos e foi derrotada por Vitória, em Salvador, e pelo Solar Basquete Cearense na sexta-feira, em Fortaleza, pelo NBB 9, por 86 a 85 na prorrogação. O time sorocabano, comandado por Rinaldo Rodrigues, volta seu olhar para a próxima rodada e joga no dia 25 de janeiro, em Sorocaba, contra o Mogi das Cruzes, às 20h, em busca da sua primeira vitória no ano.
 
Com o resultado de sexta-feira, a LSB/Uniso mantém-se na 13ª posição na tabela do NBB 9, com quatro vitórias em 14 partidas disputadas, uma vitória a menos que seu principal concorrente direto pela última vaga no G12, o Minas Tênis Clube. Os doze melhores colocados na tabela do campeonato avançam para a fase de playoffs do NBB 9.
 
A DERROTA EM FORTALEZA – A LSB fez um primeiro tempo equilibrado contra o Solar Cearense. Os sorocabanos estiveram na cola dos donos da casa o tempo inteiro, terminando o primeiro e o segundo quartos por 21 a 17 e 38 a 32, respectivamente. 
 
Retornando do intervalo, a Liga reagiu e ultrapassou o time cearense por um ponto, fechando o placar em 51 a 52. No quarto final do tempo regulamentar, os mandantes retomaram a vantagem, mas a Liga Sorocabana/Uniso empatou antes do apito final. Obrigando o jogo à ir para a prorrogação, ambas as equipes disputaram ponto a ponto. Estando um ponto atrás nos segundos finais, os paulistas tentaram uma cesta de três com Ted, que acabou não caindo, encerrando o jogo em 86-85 para o Basquete Cearense.
 
EQUILÍBRIO - Apesar de voltar para casa sem a vitória, a LSB/Uniso mostrou grande desempenho dentro de quadra, com destaque para o argentino Enzo Cafferata, que foi o cestinha da partida com 25 pontos marcados. O armador ainda fez nove assistências, roubou duas bolas e garantiu três rebotes para a sua equipe. Outro jogador de destaque foi o pivô Lucão, 22 anos, que está há um mês na Liga Sorocabana/Uniso e, após três partidas apagadas, parece ter encontrado seu espaço na equipe hoje, colaborando com 14 pontos, quatro rebotes e uma roubada de bola.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar