Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Quadrilha de assaltantes que atacava na zona leste é presa

Publicada em 23/11/2016 às 07:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Uma quadrilha de assaltantes foi presa na Vila São Domingos, zona leste de Sorocaba, na noite de segunda-feira. Foram presos João Paulo Cattani Martini Castro, 20 anos, e três adolescentes de 17 anos: R.L.L., F.R.M.G. e C.A.S.J. Uma viatura da Guarda Civil Municipal passava pela Rua Péricles Pilar, quando viram três dos acusados em atitudes suspeitas. Eles correram para a casa de número 157 para tentar fugir, mas não conseguiram. Castro informou que havia maconha em sua residência. Os guardas tinham as características de um assaltante atacando na região, e depois do contato com duas vítimas, ele foi reconhecido como um dos criminosos, assim como R.
 
A dupla admitiu o roubo, e indicou que a arma utilizada em um assalto a um motorista de um Chevrolet Agile estava na casa de F.; já as chaves do carro roubado estava na casa de C., onde também foram apreendidos 10 pedaços grandes de maconha, balança de precisão e materiais de embalagens, assim como uma anotação de contabilidade do tráfico. Foram achados também R$ 42 em dinheiro e uma máscara de palhaço utilizada em roubos na casa de Castro. 
 
O quarteto criminoso foi levado para a delegacia do plantão sul, onde foram indiciados e presos. A GCM informou que há mais de 10 casos que podem ser atribuídos à quadrilha. O roubo do Agile deu-se em um comércio da Avenida Paraguai. O quarteto foi indiciado por tráfico de drogas e roubo, mas apenas João Paulo foi mandado para o Centro de Detenção Provisória - CDP. Os três adolescentes foram liberados para os pais por serem menor de idade.
 
ACIDENTE DENUNCIOU - Na noite de sábado, mais dois assaltantes foram presos, no Jardim Santa Bárbara, zona oeste de Sorocaba. A dupla envolveu-se em um acidente de trânsito na Rua Clementina de Jesus, quando caíram de uma motocicleta Honda CG 150 Fan que pilotavam. Um guarda civil municipal, a caminho do serviço, passava pelo local e ajudou as vítimas; mas ele percebeu que J.S.C., 41 anos, carregava um revólver de calibre 32 na cintura, e J.L.R.B., de 26, uma faca de cozinha com 30 centímetros de comprimento. 
 
O socorro médico já tinha sido acionado, e o GCM desarmou os suspeitos e solicitou apoio via Centro de Operações e Inteligência – COI. Os homens foram encaminhados ao Hospital Regional sob escolta policial, onde após os procedimentos médicos, foram indiciados e presos. Horas antes, eles tinham atacado uma moça no bairro, e ela reconheceu a dupla como os assaltantes. Eles tinham levado seu telefone celular, que foi recuperado e devolvido.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar