Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ESPORTE Magnus arranca empate no final e está na semfinal da Liga Nacional

Publicada em 06/11/2016 às 08:51
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Jogando ontem em São Sebastião do Paraíso, o Magnus conseguiu de forma eletrizante sua vaga para as semifinais da Liga Nacional ao empatar por 2 a 2 com o Orlândia Intelli, num jogo marcado por emoção, bolas na trave, cinco do lado visitante e um erro de arbitragem, que poderia ter mudado o destino do jogo. Como ganhou por 4 a 1 em Sorocaba no jogo de ida, teve vaga para a fase decisiva da LNF, ao lado dos já classificados, Corinthians e Assoeva. Na quarta-feira, o Magnus volta à quadra e inicia as finais da Liga Paulista com o Corinthians.
 
SOROCABA NA FRENTE - O Orlândia começou melhor nos primeiros dez minutos, mas o Magnus equilibrou a partida e marcou 1 a 0 com Pixote. O gol fez com que o time da casa saísse mais para o jogo e pressionasse colocando três bolas na trave de Thiago no período. E foi tentando, sem sucesso, aos 8 com Venâncio, aos 11 com Lukaian e Cabreúva, Betão aos 14, Jakson aos 15 e Betão novamente aos 17. Sorocaba ainda tentou ampliar aos 14 e 15 com Neguinho, com falcão aos 16 e Pixote no finalzinho, e o primeiro tempo ficou no 1 a 1. 
 
LÁ E CÁ - Sorocaba começou melhor, criando mais chances que Orlândia nos primeiros minutos. Aos 2 minutos, Falcão duas vezes, aos 3 Rodrigo tentou, aos 5 foi Pixote que bateu em cima de Jean; aos 6 Rodrigo quase marcou. A partir daí, Orlândia pressionou mais: aos 6 Lukaian mandou forte e Thiago pegou; aos 7 Vítor tentou encobrir Thiago e Rodrigo salvou o gol certo do empate de Orlândia, Douglas aos 8 forte para fora; aos 9 Orlândia novamente carimba a trave de Thiago. 
 
ARBITRAGEM PREJUDICA SOROCABA – Aos 11 minutos, a arbitragem, mal colocada, deu um gol irregular de Orlândia num chute de Cabreúva que não entrou claramente, 1 a 1. Jakson mandou a quinta bola na trave aos 14 minutos, e insistiu numa falta aos 15. Nos cinco minutos finais, Orlândia colocou goleiro na linha e partiu para o tudo ou nada, Rodrigo tentou por cima e Augusto evitou o gol de Sorocaba.
 
GOL SALVADOR NO FINAL - Aos 17, Falcão, sozinho, teve a chance clara sem goleiro, para marcar e não fez. No contragolpe, Cabreúva fez 2 a 1 para o Orlândia, resultado que levava o jogo para a prorrogação. Perdendo, Sorocaba foi com tudo para o ataque e perdeu chances aos 18 com Rodrigo e Daniel. 
 
Faltando 22 segundos, Simi foi derrubado por Cabreúva e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Falcão mandou forte no meio e deixou tudo igual. Teve ainda tempo para Betão quase marcar o terceiro de Orlândia, mas o placar  ficou nisso, 2 a 2 e vaga para Sorocaba.
 
O Magnus Sorocaba, do técnico Fernando Ferreti, alinhou: Tiago, Rodrigo, Falcão, Simi, Mithyuê, e ainda, Diego, Pivete, Neguinho, Rafael, Ricardinho, keko, Luan. O Orlândia Intelli: Jean, Venâncio, Lukaian, Cabrúva, Jakson, e ainda Gadeia, Vítor, Douglas, Morais e Edson.
 
FALCÃO CRITICA ARBITRAGEM – Depois do jogo, falando à Sportv, o ala Falcão criticou a arbitragem pelo gol irregular de Orlândia. “Fizemos por merecer esta classificação. Fizemos nosso gol, tiramos a velocidade depois do 1 a 0, e num lance crucial a arbitragem deu um gol para eles que não foi. Mas tivemos forças e tranquilidade para buscar o placar. E na hora da cobrança (do penal), a responsabilidade é sempre dos mais experientes. Estava nervoso, mas deu certo e bati no meio derrubando um gigante num jogo onde todos diziam que poderia ser uma final. Estamos na 3ª semifinal em três anos e minha 14ª na carreira. Vamos em frente”, disse o melhor jogador do mundo.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar