Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< REGIÃO Greve na Viação São Roque tem conciliação nesta quarta

Publicada em 19/10/2016 às 08:26
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A greve dos trabalhadores na empresa de ônibus Viação São Roque é tema de audiência de conciliação convocada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15ª). A audiência entre o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e a empresa está marcada para esta quarta-feira (19), às 10h30, no TRT em Campinas. 
 
Os trabalhadores estão em greve desde o dia 8 de outubro, porque a empresa não estaria cumprindo com suas obrigações trabalhistas, estando repetidamente em atraso o pagamento de diversos benefícios garantidos em acordo coletivo de trabalho e direitos assegurados pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Desde o dia 13, em respeito à liminar concedida pelo TRT-15ª, o Sindicato mantém 70% dos trabalhadores e da prestação de serviço em operação. Mesmo com a liminar, os trabalhadores decidiram manter a greve até que a empresa regularize os pagamentos dos atrasados.
 
A greve teve início no sábado (8), porque a empresa não tinha pago o salário do mês no quinto dia útil. O que só veio a acontecer no dia 11, quando os trabalhadores já estavam há três dias em greve. Após a regularização do pagamento dos salários, os trabalhadores foram surpreendidos com o cancelamento do plano de saúde, pois a empresa tinha deixado de pagar novamente o convênio. O plano de saúde continua cortado. Além disso, a empresa está em dívida com cinco trabalhadores que não receberam a participação nos lucros e resultados (PLR) e com outros 35 trabalhadores que estão com a segunda férias vencida.
 
TRANSPORTE INTERMUNICIPAL - A Viação São Roque opera o transporte urbano no município de São Roque e o intermunicipal entre São Roque e as cidades de Alumínio, Mairinque e Ibiúna. Ao todo, são 200 trabalhadores em transportes representados pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região.
Esta é a quarta vez no ano que a empresa deixa de cumprir com suas responsabilidades trabalhistas e a categoria é obrigada a protestar.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar