Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDUCAÇÃO Livros do acervo do 'Estadão' são jogados pela janela, mostra vídeo

Publicada em 18/10/2016 às 07:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Um vídeo publicado em uma página no Facebook mostra o descarte de centenas de livros do acervo da EE “Dr. Júlio Prestes de Albuquerque”, o “Estadão”, pela janela do último andar do prédio do colégio. A gravação, que, segundo a página, foi feita no dia 11 passado, traz também alunos mexendo na pilha de livros. Conforme a descrição do vídeo, o material continha clássicos da Literatura, como obras de Monteiro Lobato e Shakespeare, enciclopédias e jornais da década de 70, e estavam sendo enviados para reciclagem.  
 
A publicação do vídeo gerou revolta em alguns internautas, que criticaram a forma com que o descarte foi feito. “Que vergonha! É desse jeito que querem incentivar a leitura?”, criticou um internauta. “O descarte pode ter sido feito de maneira legítima sim, por no acervo existirem alguns livros desatualizados e com fungos, mas, de fato, nada justifica atirá-los pela janela”, ponderou outro. “Para mim, que adoro ler, dói ver essas imagens”, lamentou um internauta. 
 
O DIÁRIO conversou com estudantes nesta segunda-feira (17), que confirmaram a veracidade do vídeo, mas afirmaram que o descarte foi de apenas livros que estavam deteriorados. “A informação que tivemos foi de que aqueles livros que estavam repletos de bichos, traças e estavam lá em cima armazenados foram para a reciclagem”, afirma o aluno João Pedro Mota, 18 anos, ressaltando que as obras estavam numa sala isolada, e não na biblioteca da escola. “Eles (direção) falaram que não conseguiram doar para ninguém”, explica a estudante Luana Machado, de 15. 
 
Por nota, a Diretoria de Ensino de Sorocaba diz repudiar qualquer desperdício de material e informa que, assim que soube do fato, abriu uma apuração preliminar para identificar os responsáveis, que podem, inclusive, ser demitidos. “A EE ‘Dr. Júlio Prestes de Albuquerque’ conta com um acervo com mais de quatro mil livros na sala de leitura, que continua sendo utilizada pelos estudantes diariamente”, diz trecho da nota. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar