Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ESPORTE Corinthians joga no Sul entre a liderança e a crise contra o Grêmio

Publicada em 14/08/2016 às 01:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
O Corinthians vive uma situação curiosa. O time está entre os primeiros colocados, tem chance de acabar a 20ª rodada na liderança do Campeonato Brasileiro, mas está à beira da crise. Por isso, vencer um concorrente direto, o Grêmio, neste domingo (14), às 11 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, é fundamental para o técnico Cristóvão Borges ter paz para trabalhar.
 
O empate contra o Cruzeiro na última rodada foi marcado pelas vaias da torcida e xingamentos ao treinador. Tanto que o presidente do clube, Roberto de Andrade, precisou dar entrevistas para amenizar o clima e garantiu estar muito satisfeito com o treinador. "A torcida só olha o resultado. A gente não, ele também é levado em conta, mas o dia a dia é muito importante para nós", explicou o dirigente, que ponderou ver o futebol como dinâmico, mas não tem a intenção em mexer na comissão técnica neste momento.
 
O Grêmio tem 32 pontos, dois a menos que o Corinthians e um jogo a mais para fazer. Embora esteja atrás na tabela de classificação, o clima no lado gaúcho é muito melhor, e para incentivar ainda mais os atletas, a torcida promete uma festa inédita na arena. A previsão é de que cerca de 50 mil gremistas estejam no jogo para apoiar a equipe.
 
Sobre a escalação, o treinador corintiano tem importantes desfalques. Cristóvão Borges não terá o meia Elias, que ao final do jogo contra o Cruzeiro criticou a torcida e disse que ela reclama demais. Ele está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O lateral-direito Fagner conseguiu um efeito suspensivo e estará em campo; ele havia sido suspenso por um jogo por ter dado um carrinho violento em Ederson, do Flamengo.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar