Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Agentes teriam alterado cena do crime em morte de garoto

Publicada em 11/06/2016 às 02:15
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Os peritos criminais que apuram a morte do garoto de 10 anos em uma perseguição policial na zona sul de São Paulo afirmaram que a cena do crime foi alterada. Pelos primeiros resultados, não há indícios de que tenham sido feitos disparos de dentro do carro que o menino dirigia. Apenas os policiais militares que estavam na ocorrência que acabou com a morte no menino estavam na cena. 
 
Segundo a perícia, o carro roubado pelos meninos estava revirado e o corpo do garoto baleado havia sido mexido. A arma que um deles teria usado para atirar nos policiais não estava no local, foi recolhida pela PM e levada ao Departamento de Homicídios.
 
Um advogado que é ouvido como testemunha do caso mudou sua versão e disse no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que não sabe dizer o local de onde partiram os tiros que ouviu. Ele mora no Morumbi, perto do local onde os meninos bateram o carro. 
 
Depois de mais de uma semana de investigações, a polícia não tem certeza se a ação dos PMs foi legítima ou se houve uma execução. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar