Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDUCAÇÃO Univesp abre inscrições para cursos de Engenharia na região

Publicada em 24/05/2016 às 06:02
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
As inscrições para o segundo vestibular da Univesp, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo, começaram na segunda-feira (23).  “A Univesp é a quarta universidade estadual pública do nosso Estado, ao lado da USP, da Unicamp e da Unesp. Segue o mesmo padrão de excelência, num modelo novo de ensino que está crescendo no mundo todo. Os cursos são oferecidos na modalidade semipresencial, com uso intensivo das tecnologias de comunicação e informação”, comemora o governador Geraldo Alckmin.
 
O aluno não vai todos os dias à escola. Na maior parte do tempo, ele estuda onde quiser, no horário mais conveniente, porque tem acesso a todo o conteúdo e às atividades pelo computador. A cada quinze dias, cada turma tem uma aula de quatro horas num polo de ensino, com professores-mediadores. Ali os estudantes recebem orientação, fazem trabalhos de grupo e as provas.
 
Neste vestibular, estão sendo oferecidas 918 vagas novas para dois cursos: Engenharia da Computação e Engenharia de Produção. As vagas estão distribuídas por 17 polos de ensino em 16 municípios. Na região de Sorocaba, são 18 vagas para Engenharia da Computação em Capão Bonito; 36 vagas para Engenharia de Produção em Itu; e em Itapetininga são 108 vagas: 54 para Computação e 54 para Produção. As inscrições vão até 13 de junho e devem ser feitas no site www.univesp.com.br . A prova seletiva será no dia 26 de junho e as aulas começam em agosto.
 
As primeiras turmas de engenharia pela Univesp já estão concluindo o segundo ano do curso, assim como as turmas de licenciatura de Matemática, Física, Química e Biologia. São mais de 2.400 alunos que estudam pelo computador e frequentam 42 polos de ensino em 24 cidades. Quando se formarem, vão ter mercado de trabalho garantido. O Brasil tem hoje um déficit anual de 20 mil engenheiros por ano. E a maior demanda nas escolas hoje é justamente por professores de Matemática e Ciências. “A Univesp segue a filosofia vitoriosa do ensino técnico e tecnológico que nós ministramos nas Etecs e Fatecs. Ela é um marco na expansão da oferta de ensino universitário público e gratuito de qualidade no Estado de São Paulo e atende estudantes em todas as regiões, inclusive porque não é preciso morar na cidade que tem o polo de ensino para fazer o curso”, explicou ainda o governador Geraldo Alckmin.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar