Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SAÚDE Segunda fase da campanha contra gripe em andamento

Publicada em 10/05/2016 às 00:26
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
 
A segunda fase da Campanha de Vacinação contra a Gripe teve início nesta segunda-feira (9) nas 31 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no Serviço de Atendimento Municipal Especializado (Same). De acordo com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde, Renata Guida Caldeira, em geral, a procura por vacinas foi intensa durante o dia. A previsão é de que um novo balanço de atualização do número de doses aplicadas seja divulgado ainda nesta semana.
 
A atual etapa da ação é destinada também às pessoas que apresentam doenças crônicas não transmissíveis ou condições clínicas especiais, profissionais da saúde que atuam em laboratórios, ambulatórios e clínicas, fora detentos, funcionários do sistema prisional e jovens sob medidas socioeducativas. Se o grupo da segunda fase for somado aos componentes da primeira, o número total de indivíduos potencialmente alvo da campanha chega a 168,6 mil.
 
Segundo Renata, algumas UBSs, como Cerrado, Wannel Ville, Márcia Mendes, Sorocaba I, Lopes de Oliveira, Santana e Nova Sorocaba, registraram falta de vacinas na manhã desta segunda-feira (9). A situação, porém, foi normalizada à tarde. Isso porque a pasta repassou mil doses adicionais às UBSs Cerrado, Wannel Ville, Márcia Mendes, Sorocaba I, Lopes de Oliveira e Santana, e 500 à UBS Nova Sorocaba.
 
No caso da UBS Cerrado, as doses chegaram à unidade por volta das 13h30. Em seguida, houve distribuição de senhas para imunização. O coordenador de Regionais, Fábio Venning, reconhece que, por conta da demanda elevada, combinado ao horário de fechamento da unidade, foi recomendado que algumas pessoas voltassem à unidade nesta terça-feira (10). “A gente orienta que os munícipes cheguem cedo a fim de receber a vacina; até porque não podemos estender o horário de funcionamento das unidades”, completa.
 
Ao longo desta semana, 54 mil novas doses serão entregue nos locais de vacinação. Conforme Renata, a Divisão não tem medido esforços e, assim que recebe solicitação das UBSs, tem procurado abastecer a unidade com mais vacinas o mais rápido possível. Venning acrescenta que não deve haver corre-corre às UBSs, uma vez que a campanha prossegue até 20 de maio.
 
O público-alvo da primeira fase ainda pode ter acesso à imunização contra o vírus Influenza. São eles, idosos, crianças de 6 meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e os profissionais de saúde que trabalham nos hospitais, unidades de urgência e emergência (Pronto-Atendimentos – PAs, Pronto-Socorros – PSs, Unidade de Pronto-Atendimento – UPA e Unidades Pré-Hospitalares – UPHs) e UBSs.
 
Renata destaca que a pessoa deve apresentar a carteira de vacinação no ato da imunização. Quem tem comorbidade é preciso levar ainda receita médica ou identificação de medicamento usado em tratamento recente (no máximo um ano atrás).
 
Os últimos dados divulgados pela Divisão dão conta de que 65.988 doses foram aplicadas de 30 de abril a 4 de maio, o que representa cobertura de 52,2% dos que compõem a primeira fase da ação. A meta é vacinar durante a campanha, que prossegue até o dia 20 deste mês, 80% do público-alvo.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar