Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2022

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SAÚDE GPACI precisa arrecadar R$ 21 milhões em 2016 para manter atendimento de oncologia pediátrica

Publicada em 07/04/2016 às 07:15
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Habilitado como serviço de alta complexidade em Oncologia Pediátrica e referência para 48 cidades da região de Sorocaba em assistência integral e gratuita a crianças e adolescentes com câncer, o Hospital “Sarina Rolim Caracante”, administrado pelo GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil), depende para esse atendimento dos repasses do SUS (Sistema Único de Saúde), das contribuições feitas pelos apoiadores da causa, pessoas físicas e jurídicas e das doações recebidas através de projetos apresentados aos órgãos públicos e legislativos municipais, estadual e federal. Nesse sentido, o GPACI tem se empenhado, através de representantes dos legislativos, em obter verbas públicas destinadas à Saúde que permitam a melhoria contínua da capacidade física da instituição e implantação de novas tecnologias. E tem obtido importante sucesso nessa busca, conforme informou ontem à tarde sua direção, que agendou para às 16 horas desta quinta-feira (7) um evento de prestação de contas dos projetos concedidos. Entre estes, o Hospital vai destaca as recentes verbas parlamentares recebidas do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde, através de emendas do ex-senador Eduardo Suplicy e da ex-deputada federal Iara Bernardi, que estarão presentes na ocasião. Essas verbas serão aplicadas na aquisição de equipamentos para a Central de Material e Esterilização e para o Centro Cirúrgico. 
 
Ainda em 2016, o GPACI recebeu também recurso das emendas impositivas da Câmara Municipal de Sorocaba para reforma do serviço de observação pediátrica, que permitirá ao Hospital disponibilizar mais oito novos leitos. Em data ainda a ser definida, o GPACI convidará também o deputado federal Jefferson Campos e os deputados estaduais Carlos César e Maria Lúcia Amary para também agradecer pelas indicações de verbas recebidas.
 
Todo esse empenho realizado pelos voluntários do Hospital do Câncer Infantil de Sorocaba se justifica. De acordo com Ricardo Diacov, administrador do Hospital, “para o exercício de 2016 o GPACI precisará arrecadar ainda mais de R$ 21 milhões através de doações, receitas de serviços, eventos internos e externos e doações da sociedade civil e iniciativa privada, para aquisição de medicamentos de alto custo, materiais médico-hospitalares, nutrição e demais necessidades diárias de um hospital”. 
 
O GPACI aplica 100% das doações recebidas no tratamento de crianças de 0 a 18 anos usuários do SUS. O Hospital possui 64 leitos destinados ao tratamento de crianças e adolescentes, para atendimento de urgências e emergências, cirurgias eletivas e oncologia pediátrica, além de exames de média alta e complexidade.
 
COMO AJUDAR - Empresas e pessoas interessadas em contribuir com o GPACI podem entrar em contato através dos telefones (15)2101.6592 e 99789.3908 ou pelo e-mail presidencia@gpaci.com.br  Mais informações podem ser obtidas também no site www.gpaci.org.br .
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar