Domingo, 23 de Julho de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

Para economizar, Bandeira é tirada do Palácio dos Tropeiros Símbolo nacional será hasteado apenas em cinco datas comemorativas

Publicada em 17/03/2017 às 14:07
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR

(Foto: Germano Schonfelder)
O prefeito José Crespo (DEM) determinou, por meio do decreto 22.633, de 23 de fevereiro deste ano, cinco datas em que a Bandeira Nacional ficará hasteada no Palácio dos Tropeiros. A medida se dá para geração de economia estimada em R$ 1,2 mil por mês. De acordo com a Prefeitura, o símbolo já foi retirado. 
 
O Paço explica, ainda, que, por estar exposta ao vento, ao Sol e à chuva, a bandeira dura, em média, 30 dias e cada unidade, de 9 metros por 6,5 metros, custa R$ 1.616,40. Ao longo de um ano, são 19 mil e nos quatro anos do mandato, seriam R$ 76 mil. 
 
Questionada se a falta da bandeira não pode provocar o sentimento de falta de pertencimento ao prédio e aos frequentadores, o Paço diz o seguinte: “Não é bandeira que dá esse sentimento, mas o acolhimento, e este governo prima por isso, porque trabalha pelas pessoas”.
 
A Prefeitura justifica, ainda, ter determinado cinco datas para o hasteamento, porque são dias oficiais que justificam esse gesto. Assim, as datas em que a bandeira ficará hasteada são estas: 1º de janeiro, confraternização Universal dos Povos; 9 de julho, aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932; 15 de agosto, Aniversário de Sorocaba; 1º a 7 de setembro, comemoração da Semana da Pátria, e de 15 a 19 de novembro, quando se comemora a Proclamação da República e o próprio Dia da Bandeira.