Domingo, 23 de Julho de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

`Combinatórias´ na Galeria Scarpa

Publicada em 06/05/2016 às 06:07
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR

(Divulgação)
A exposição “Combinatórias”, do artista plástico Herê Fonseca, entra em cartaz nesta sexta-feira (6), a partir das 13 horas, na Galeria Scarpa - espaço público municipal dedicado às Artes Visuais que fica junto ao Palacete Scarpa, à rua Francisco Scarpa, 448, no Centro. Os sorocabanos poderão conferir o trabalho artístico de segunda à sexta-feira, das 9 às 16 horas, até 30 de maio. A entrada é gratuita.
 
A mostra é a primeira das seis propostas de Artes Visuais selecionadas por meio de edital da Secretaria da Cultura da Prefeitura, para ocupar a Galeria Scarpa ao longo de 2016. Todos os trabalhos foram escolhidos por uma comissão formada por representantes do Museu de Arte Contemporânea local e da própria Secretaria da Cultura. “Quero convidar a todos os sorocabanos a prestigiarem o trabalho deste artista plástico que vive em nossa cidade. Este é o primeiro das cinco exposições incríveis que vão ocupar a nossa Galeria Scarpa durante este ano. Com isso, cumprimos um dos nossos objetivos, que é promover a cultura na cidade, garantindo ao artista visibilidade do seu trabalho e o acesso da população à arte”, destaca a secretária municipal da Cultura, Jaqueline Gomes.
 
Com curadoria de Maria Thereza Azevedo, doutora em Artes e pesquisadora da linha Poéticas Contemporâneas, “Combinatórias” reúne 76 obras de Herê Fonseca, todas realizadas com guache sobre papel canson A4. O projeto se configura como uma linha de pesquisa que inclui as questões da forma enquanto ludicidade e a repetição como recuperação do já inscrito, numa espécie de ritornelo. A ideia é um jogo de formas, que carregam semelhanças e dessemelhanças.
 
As pinturas se relacionam umas com as outras por meio da linha que prolonga, complementa e interrompe. A proposta é que o espectador, numa relação lúdica, busque possibilidades de conexão. Todos os trabalhos estão interligados, pois fazem parte de um sistema de multiplicidades e expansões, repetições com diferenças. São séries que formam jogos, tal como jogos de armar que envolvem o fruidor numa brincadeira com o olhar. Realizados a partir de uma matriz ideogramática como geradora de outras formas, os trabalhos carregam variações sobre o mesmo tema que se articulam numa possível escrita/assinatura de mundos criados como mapas subjetivos.
 
O ARTISTA - Nascido em 1975, em Alfenas (MG), Herê Fonseca hoje vive e trabalha em Sorocaba. Formado em Artes Plásticas, com licenciatura em Educação Artística, já realizou vários cursos de aperfeiçoamento em Artes Visuais, entre eles Arte e Cidade na Universitat Politecnica da Catalunya, em Barcelona, na Espanha, em 2006. 
 
Com a obra “Defesa”, foi selecionado e catalogado pelo Mapa Cultural Paulista, expondo na Sala São Paulo da Estação Júlio Prestes. Selecionado pelo 6º Salão de Artes Plásticas de Cerquilho, na modalidade Pintura. Trabalha com esculturas aéreas em movimento, esculturas estáveis, tempera sobre papel, acrílico sobre tela, murais, esculturas em argila, máscaras, empapelamentos, pinturas em seda e objetos. 
NOTÍCIAS DESSA EDIÇÃO + notícias