Domingo, 18 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Sorocaba começa 2021 com arrecadação tributária crescente

Publicada em 06/04/2021 às 17:29
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Secretaria da Fazenda da Prefeitura registrou um aumento crescente da arrecadação tributária do município de Sorocaba neste início de 2021. Atinge 11,08% ou R$ 74,8 milhões a mais no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020. Descontada a inflação do período, o crescimento real na comparação entre os primeiros trimestres dos dois anos foi de 6,27%. O total arrecadado nos três primeiros meses de 2021 foi de R$ 750.489.731,08, contra R$ 675.646.053,68 no primeiro trimestre do ano passado. “Estamos confiantes que vamos superar esta crise que estamos vivendo em razão da pandemia da Covid-19 não apenas na área da Saúde, como também no setor econômico. Uma série de medidas está sendo tomada pela atual gestão e acreditamos que o reflexo dessas ações é a confiança do empresariado de nossa cidade e a aprovação da população em relação à nossa administração”, destaca o prefeito Rodrigo Manga.

Os dois maiores aumentos registrados na arrecadação municipal, no primeiro trimestre de 2021, foram quanto ao recolhimento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis). O IPTU, por exemplo, é fundamental para a receita do Município, pois o valor arrecadado é investido em serviços essenciais, como saúde, educação e segurança. Em 2020, foram arrecadados R$ 47.412.733,24 no primeiro trimestre; já em 2021, no mesmo período, a Prefeitura arrecadou R$ 78.993.221,11, ou seja, um aumento de 66,61%.

O ITBI apresentou, em 2020, o valor arrecadado de R$ 13.863.000,07 nos três primeiros meses. Em 2021, aumentou para R$ 18.458.893,45, resultando numa elevação de 33,15%. “A receita maior de ITBI demonstra aquecimento nas transações imobiliárias na cidade, indicando que Sorocaba tem um perfil para o desenvolvimento e crescimento”, pontua, por outro lado, o secretário municipal da Fazenda, Marcelo Regalado.

Em paralelo ao aumento da arrecadação, o prefeito Rodrigo Manga prorrogou, por meio de decreto, os vencimentos do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e da Taxa de Fiscalização Instalação e Funcionamento (TFIF) por 90 dias, a partir de março, para os trabalhadores autônomos, também em consequência da pandemia. “Essa medida trará um fôlego aos trabalhadores autônomos, classe mais atingida financeiramente desde que a pandemia teve início. Tudo o que estiver ao alcance da Prefeitura nós faremos para ajudar a população sorocabana”, conclui o prefeito Rodrigo Manga.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar