Domingo, 18 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< DS - INFORMAÇÕES

Publicada em 06/04/2021 às 17:23
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

VISITA A HOSPITAL

Os vereadores Cristiano Passos e Fabio Simoa (Republicanos) estiveram nesta terça-feira (6) visitando o Hospital de Retaguarda de São José dos Campos, construído em junho do ano passado em 36 dias. Eles foram acompanhados do gestor da Secretaria de Saúde de Sorocaba, Roberto Carlos, e do deputado federal Milton Vieira (Republicanos). "Esse hospital foi uma inovação e vários prefeitos têm visitado a cidade para conhecer e aproveitar o modelo. Ele foi construído rapidamente, com a técnica de gesso cartonado", explicou o vereador Cristiano Passos. "Nós fomos recepcionados pelo deputado federal Milton Vieira, que destinou emendas que proporcionaram a construção desse hospital", concluiu. Diferentemente de um hospital de campanha, explicou o parlamentar, essa obra é definitiva. Após a pandemia, o hospital passará a ser um Pronto-Socorro, para atender aos pacientes do SUS. A construção ocupa um terreno de 3.100 metros quadrados, com 1.554 metros quadrados de área construída em dois pavimentos.

 

RENDA FIXA MAIS ATRAENTE      

Com a nova taxa básica de juros determinada pelo Copom (Comitê de Política Monetária), a atenção dos investidores está se voltando para a retomada da renda fixa, que é a classe de ativos mais popular entre os poupadores. Segundo a Anbima Consultoria, nos dois primeiros meses deste ano os fundos de renda fixa acumularam uma captação líquida de quase R$ 50 bilhões. Levantamento feito na semana passada mostra que a melhor alternativa para o investidor de longo prazo tem sido os fundos de renda fixa que estão atrelados á inflação, até porque neles há uma boa expectativa de manutenção de seu poder de compra.    

 

LEILÕES EM PAUTA          

O governo federal marcou para esta quarta (7), amanhã (8) e sexta-feira (9), uma bateria de leilões de aeroportos, portos e ferrovia, com a expectativa de conseguir mais de R$ 10 bilhões em novos investimentos. Vão ser leiloados 22 aeroportos (hoje operados pela Infraero), 5 terminais portuários e o primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, entre Ilhéus e Caetité, na Bahia. O objetivo do governo é consolidar essa ferrovia como um corredor logístico de exportação para o escoamento de minério de ferro, além de grãos. Sabe-se que os leilões serão um termômetro do potencial de atração de investimentos de longo prazo neste momento em que o Brasil está com a imagem em baixa pela condução da política de enfrentamento da covid-19.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar