Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Banco de Olhos opera Clínica Popular

Publicada em 13/01/2021 às 18:59
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)

“A Clínica Popular é um projeto que deu certo; viabilizou-se no final de 2017, com essa estrutura nova e moderna que temos hoje e chamamos de Instituto BOS, o qual nasceu com o propósito de acolher o ensino médico, e nós acabamos desenvolvendo também outros projetos. Uma das ideias de sucesso foi desenvolver essa modalidade de atendimento médico de alta qualidade à população a preços acessíveis”.

A afirmação é do superintendente do Banco de Olhos, Edil Vidal de Souza, apresentando à comunidade a Clínica Popular do BOS, que segundo ele surgiu com a missão de oferecer a preço de custo, para aqueles que encontram dificuldade de acesso ao atendimento, os mesmos serviços de referência que o Hospital Oftalmológico de Sorocaba realiza nas áreas de Oftalmologia e Otorrinolaringologia. “Não há interesse de repasse médico ou de ganho nessa modalidade, mas sim de ampliar o acesso ao atendimento”, destaca Edil.

O espaço atende a uma grande demanda de pessoas que encontram dificuldade para ter acesso aos serviços do BOS pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É que, apesar de gratuito, o atendimento pelo SUS é regionalizado. “Portanto, dependendo do local de origem do paciente, não é possível passar por consulta, procedimento ou cirurgia dessa forma ou ainda demoraria bem mais nas filas”.

Atualmente, a Clínica Popular do BOS também atende muitas pessoas que perderam seus empregos ou tiveram seus rendimentos drasticamente reduzidos, em função da pandemia. “A Clínica Popular tornou-se uma alternativa importante também para essas pessoas, pois muitas perderam seus convênios médicos, mas, ainda assim, podem ter acesso a um serviço com a mesma qualidade e de forma acessível”, pontua Edil.

 

AGENDAMENTO IMEDIATO - Outra vantagem da Clínica Popular do Banco de Olhos é que o agendamento é imediato. “A única diferença, em relação ao atendimento por um convênio médico é que o paciente não tem a escolha livre do profissional que irá atendê-lo. Porém, o padrão de atendimento é o mesmo e de altíssima qualidade. Posso dizer que o atendimento é personalizado e feito por médicos especializados. Nossa estratégia para obter o sucesso que estamos tendo com a Clínica Popular foi envolver a área de ensino médico nesse processo. Tanto na área de Oftalmologia, como de Otorrino os médicos atuam em parceria com orientadores e são especialistas em aperfeiçoamento”, conta ainda o superintendente do Grupo BOS.

Ao todo, são cerca de mil atendimentos mensais e mais de 120 cirurgias todos os meses. O maior volume é de cirurgias de catarata, seguidas por implantes de anel de córnea. A maioria dos pacientes vem do Estado de São Paulo, mas também são significativas as proporções de pessoas vindas do Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais. E até de outros países da América Latina.

Outro momento em que a Clínica Popular pode ser decisiva é nos casos de urgência e emergência. “Em situações como descolamento de retina, em que a falta de agilidade no atendimento pode resultar na perda de visão, é fundamental poder contar com um serviço que faça um atendimento rápido e eficiente”, acrescenta Edil.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.bos.org.br ou pelo telefone (15) 3212.7000. A Clínica Popular está localizada no Instituto BOS, à rua Nabek Shiroma, 205, no Jardim Emília, junto ao Hospital Oftalmológico.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar