Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Fator psicológico pesou na noite do Palmeiras

Publicada em 13/01/2021 às 17:29
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
O técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, atribuiu ao fator psicológico a vitória sobre o River Plate, na terça-feira (12), no Allianz Parque, o que levou o Verdão à classificação para a grande final da Conmbol Libertadores. O primeiro encontro entre as equipes, na Argentina, terminou 3 a 0 para o Palmeiras. “Este jogo era muito mental. Se o Rony faz o gol na primeira bola, matávamos o nosso adversário definitivamente. Fizemos três gols lá (na Argentina), mas poderíamos ter feito quatro ou cinco, e aí teríamos matado a eliminatório. Hoje, o que fez a diferença foi o fator psicológico”, valorizou. 
Ferreira concluiu, ainda, que, quando se treina grandes clubes, cresce a possibilidade de ganhar títulos. “Quando aceitei o desafio de vir ao Palmeiras, sabia que o clube dava todas as condições de lutar por títulos. Nós estamos em duas finais e, no Campeonato Brasileiro, iremos grão a grão para encher o nosso bolso. Eu não penso muito nisso, quero desfrutar agora as 24 horas, valorizar esta final, que foi muito suada. Parabéns aos meus jogadores, são verdadeiros guerreiros, com todas as dificuldades”, disse. O próximo compromisso do Palmeiras será nesta sexta-feira (15), às 21h30, contra o Grêmio, pelo Brasileiro. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar