Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Livro restaura a figura moderna de Júlio Prestes de Albuquerque

Publicada em 13/01/2021 às 16:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Objeto de mais de 10 anos de pesquisa histórica, o jornalista itapetiningano Hélio Rubens de Arruda e Miranda está finalizando estudos sobre o papel histórico do político conterrâneo Júlio Prestes de Albuquerque no cenário nacional e internacional. Após extensas pesquisas, que incluíram órgãos oficiais de preservação da história paulista e brasileira, como o Arquivo Público do Estado de São Paulo, além de análise documental, o jornalista está finalizando a redação do livro “O golpe de 1930 – À procura da verdade histórica” (título provisório).

Pela conclusão da pesquisa, viabilizada através de recursos oriundos da Lei Aldir Blanc, de fomento à produção cultural em todo o País, com financiamento do Fundo Municipal de Cultura, de Itapetininga, o trabalho de Hélio Rubens tem foco na retomada da verdade histórica, afirmando que Júlio Prestes, o único presidente da República brasileiro eleito democraticamente de ser impedido de tomar posse, devido ao golpe de Getúlio Vargas, inserindo o Brasil em longo período ditatorial. “Júlio Prestes representava, na verdade, a modernidade e inclusão no Brasil no cenário internacional”, afirma o jornalista ao DIÁRIO, antecipando que o livro demonstrará o cenário nacional e internacional, favorável ao País em momento de riqueza cultural e efervescência econômica, com a ruptura do ambiente de monocultura do café. “O contexto modernizante dava continuidade aos avanços encontrados pela gestão do presidente Washington Luiz – abrir estradas e eletrificar o País para a chegada da industrialização”.

O livro será editado pelo também jornalista Fábio Arruda Miranda e será disponibilizado gratuitamente a escolas, bibliotecas e centros de estudos históricos. Mais informações sobre a publicação, bem como contribuições de caráter histórico, como acervo fotográfico e documental, poderão ser compartilhados com o editor, através do e-mail fabio.arruda.miranda@gmail.com e/ou pelo WhatsApp (15)98119-8135.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar