Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Manga promete obras de infraestrutura em toda cidade Legislativo autoriza contratação de empréstimo com abertura de linha de crédito no valor de US$ 56 milhões

Publicada em 12/01/2021 às 16:44
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) obteve autorização do Legislativo sorocabano para que o Município possa contratar operação de crédito externo para investir em infraestrutura urbana, no valor total de 56 milhões de dólares (aproximadamente R$ 301 milhões), dos quais US$ 16 milhões junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) e US$ 40 milhões junto ao New Development Bank (NDB), um banco de desenvolvimento criado pelos países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) - o Fonplata é um Banco de Desenvolvimento formado por Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. Treze vereadores votaram favoravelmente ao projeto do Executivo, que necessitava de aprovação por maioria simples; seis foram contrários e o presidente Gervino Cláudio Gonçalves, o ‘Cláudio Sorocaba 1’ só votaria em caso de empate.

O empréstimo, com garantia da União, será aplicado no ‘Programa de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano de Sorocaba’, também chamado Programa ‘Desenvolve Sorocaba’. A justificativa técnica preparada pelo Paço, além dos cálculos financeiros, elenca as melhorias em termos de infraestrutura urbana que os recursos visam custear, prevendo obras de recuperação de 769 mil metros quadrados de asfalto em vários bairros das regiões Leste, Oeste, Norte e Centro, bem como a recuperação de 42 mil metros quadrados das regiões Leste e Oeste, além da macrodrenagem e infraestrutura de 24 mil metros quadrados no Jardim Nilton Torres, na região do bairro do Éden.

 

MELHORIAS VIÁRIAS – Os recursos a serem contratados também se destinam a realizar, por outro lado, obras como a interseção das avenidas Antônio Carlos Cômitre e Washington Luiz com a avenida Barão de Tatuí, duplicação de trecho da rua Lauro Maiello Kook, no Jardim Novo Mundo; interseção da avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, Córrego Piratininga e Jardim Guaríglia; prolongamento da avenida Edward Fru-Fru Marciano da Silva com trincheira sob a rua Atanazio Soares; e ligação da rua Francisco Augusto Jardim com a Arlindo Leite Jardim, nos bairros São Guilherme II e Jardim Paulista, estas duas últimas na Zona Norte.

Outras obras previstas são ainda a ligação da avenida Ulysses Guimarães com a rua Olinda Aires Paulete e do Wanel Ville IV com o Jardim Vilagio Torino, através do prolongamento da rua Nélson Juliano; alteamento da avenida XV de Agosto; ligação viária de acesso do Parque São Bento ao Residencial Carandá; prolongamento da avenida 3 de Março; asfaltamento de 22 mil metros quadrados; requalificação da malha viária urbana em 6 metros quadrados e atualização do Plano Diretor de Mobilidade Urbana.

Também de acordo com o Executivo, a operação de crédito junto ao Fonplata prevê desembolso em 60 meses, com carência de 48 meses, amortização de 132 meses e prazo total de 180 meses, com taxa de juros, para os primeiros oito anos, de 2,28% ao ano, entre outros encargos. Já a operação de crédito junto ao NDB prevê desembolso de 60 meses, carência também de 60 meses, amortização de 132 meses, prazo total de 192 meses e taxa de juros de 1,1% ao ano. Os juros e encargos somam US$ 8,062 milhões, o que totaliza 64 milhões de dólares.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar