Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< Paço dá início às obras de revitalização do zoo e lança o Censo PET

Publicada em 08/01/2021 às 14:59
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
O prefeito Rodrigo Manga lançou, na tarde desta quinta-feira (7), o início das obras de revitalização do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, que inclui a manutenção dos recintos, visando à promoção do bem-estar animal, e o programa Censo PET, para a implantação do Cartão PET. Com esta iniciativa municipal, os animais de estimação de famílias em situação de vulnerabilidade social e os animais de rua terão acesso a serviços, incluindo o atendimento gratuito em clínicas veterinárias cadastradas na Prefeitura de Sorocaba. A solenidade ocorreu no zoo e contou com a presença de autoridades municipais e funcionários públicos.
 
“Hoje realizamos dois atos importantes. O primeiro deles será o início da revitalização do zoológico, na qual vamos cuidar da parte interna e externa do parque, que é um espaço tão importante da nossa cidade e referência em todo o país. O segundo ato é o Censo Animal, algo que estava em nosso plano de governo e que contará, inicialmente, com um levantamento dos animais da cidade de Sorocaba para que a gente possa tomar medidas necessárias para os cuidados de saúde. Com esse censo teremos a possibilidade de lançar o Cartão PET e iniciar convênios com entidades e clínicas veterinárias para que o poder público possa atender animais de rua e também animais de pessoas carentes, que não têm condições de cuidar do seu animalzinho”, destacou o prefeito Rodrigo Manga, antes de assinar o termo de autorização do Censo PET.
 
Para a futura implantação do Cartão PET, a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema) desenvolverá ações para obter, primeiramente, um levantamento da população de cães e gatos da cidade, por meio do Censo PET. Isso será feito através de um cadastramento, que terá início a partir da primeira semana de fevereiro de 2021, além da utilização de dados do IBGE e de dados já existentes no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, que permite ao governo saber quem são as famílias de baixa renda da cidade, inserindo-as em programas sociais. A estimativa é que esse processo seja concluído em 18 meses.
 
Já a revitalização do zoo inclui a criação e manutenção de recintos visando à promoção do bem-estar animal; remoção de algumas estruturas antigas, como os troncos de árvores que já estão deteriorados e que servem como estrutura de assento para os visitantes; limpeza e remoção de resíduos vegetais que estão acumulados em alguns locais do zoo; um novo aceiro na área externa do parque; e outras melhorias estruturais. Nesta quinta-feira, maquinários da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) retiraram uma parte dos resíduos vegetais que estavam no parque. Uma equipe também já trocou alguns materiais de comunicação visual do zoo, como banners que estavam fixados no gramado em frente à ilha dos macacos.
 
De acordo com o secretário da Sema, Dr. Antonio Prieto, o primeiro recinto a ser revitalizado será na área do “matão”, um espaço que há cerca de 20 anos está fechado ao público. Logo no início dessa área será feito um recinto para abrigar as antas, incluindo o filhote de anta albina, que está sendo cuidada pela equipe técnica do zoo desde o dia 23 de novembro do ano passado. A filhote foi resgatada em Piedade pela equipe da Prefeitura local. O animal estava aparentemente abandonado pela mãe e foi levado ao zoo com cerca de 10 dias de vida. A filhote de anta chegou bastante debilitada, magra, desidratada e prostrada, pesando apenas 9 quilos. Atualmente, ela pesa cerca de 20 quilos.
 
Inaugurado em 1968, o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” é considerado um dos mais completos da América Latina e classificado no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) na categoria A, que é a mais elevada. Além do lazer para o público, o parque vem desempenhando um importante trabalho de conservação, pesquisa, bem-estar animal e educação ambiental, que são as cinco funções de um zoológico moderno.
 
Dos seus 150 mil metros quadrados, 17 mil são ocupados por um lago e outros 36 mil, por vegetação natural da Mata Atlântica. O espaço reúne cerca de 1 mil animais, de aproximadamente 250 espécies. É um dos maiores acervos da América Latina. O Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” está localizado na Rua Theodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e funciona de terça a domingo, das 9h às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3227.5454.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar