Sábado, 10 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍTICA Vereadores elegem presidente da Câmara depois da posse

Publicada em 29/12/2020 às 23:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
No Plenário do Legislativo sorocabano ainda na sexta-feira, 1º de janeiro, logo após a cerimônia de posse do prefeito, vice e vereadores eleitos no pleito de novembro, conforme prevê o Regimento Interno da Casa será realizada a eleição para escolha do novo presidente e Mesa Diretora, assim como dos membros das 18 comissões permanentes da Câmara Municipal de Sorocaba para o biênio inicial do novo mandato, ou seja, 2021/2022. 

Tomarão posse em 1º de janeiro como novos vereadores para a décima-oitava legislatura da Câmara Municipal Vitão do Cachorrão (Republicanos), que presidirá o cerimonial de posse como o vereador mais votado no pleito de 15 de novembro; Iara Bernardi (PT), Péricles Régis (MDB), Fernando Dini (MDB), Fernanda Garcia (Psol), Cristiano Passos (Republicanos), João Donizeti Silvestre (PSDB), Antônio Carlos Silvano Júnior (Republicanos), Fábio Simoa (Republicanos), Hélio Brasileiro (PSDB), Luís Santos (Republicanos), Fausto Peres (Podemos), Vinícius Aith (PRTB), Francisco França (PT), Rodrigo do Treviso (PSL), Ítalo Moreira (PSC), Dylan Dantas (PSC), Cícero João (PTB), Salatiel Hergesel (PDT) e Cláudio Gervino Gonçalves, o popular Cláudio do Sorocaba 1 (PL).

Nove vereadores da atual legislatura que se encerra nesta quinta-feira (31) não retornam para a próxima, cinco deles que buscaram a reeleição, mas não conseguiram os votos suficientes - alguns deles com histórico de inúmeros mandatos, como os ex-presidentes da Casa José Francisco Martinez/PSDB (função que exerceu em sete oportunidades, o mesmo número de mandatos) e Mário Marte Marinho Júnior/PP, com três presidências e no nono mandato consecutivo (foi eleito pela primeira vez em 1982). Outros não reeleitos foram  Hudson Pessini (MDB), Pastor Apolo (PSL) e Wanderley Diogo (PSC).

Também não retornam em 2021 Renan Santos (PDT) e Rodrigo Manga (Republicanos), que não tentaram a reeleição para disputar a Prefeitura; Anselmo Neto (Podemos), vice na chapa de Maria Lúcia Amary (PSDB) na disputa pela Prefeitura, e Irineu Toledo (Republicanos), que não disputou.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar