Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< COTIDIANO DS - INFORMAÇÕES

Publicada em 28/12/2020 às 21:59
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
TURISMO EM MARCHA LENTA
Apesar de já se ter reanimado um pouco mais neste final de ano, o faturamento do setor de turismo continua em marcha lenta, esperando por uma arrancada mais consistente a partir de janeiro. Os últimos dados a respeito mostram que, do início da pandemia, em março, até outubro, a perda de faturamento com o turismo chegou a quase R$ 47 bilhões, de acordo com levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Säo Paulo (FecomercioSP). A entidade observa que o valor é próximo do que o governo gastou mensalmente no pagamento do auxílio emergencial que beneficiou quase 70 milhões de pessoas. Embora a situação atual ainda não alimente boas perspectivas a respeito, a esperança é de que tudo deverá melhorar no próximo ano.     

CONSUMO MENOR
Neste ano, em razão do novo Coronavírus, o orçamento da classe média brasileira foi afetado como nunca. Tendo em vista o aumento de despesas e a redução da renda, as famílias dessa faixa vão deixar de consumir em 2020 quase R$ 252 bilhões em produtos e serviços. Para se ter uma ideia, basta lembrar que em 2019 a classe média foi responsável por um consumo de R$ 2,6 trilhões, o que representou 60% do total no País. A diminuição do consumo está diretamente ligada aos efeitos econômicos da Covid-19 sobre essa parcela da população.   

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar