Sábado, 10 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Suspeito de clonar WhatsApp de prefeito de Iperó vai preso

Publicada em 18/12/2020 às 21:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Suspeito de ter clonado o WhatsApp do atual prefeito de Iperó, Vanderlei Polizeli (PSB), um homem de 25 anos foi preso na quinta-feira (17), após ter sido capturado em casa, na zona leste de São Paulo, durante uma força-tarefa para cumprimento de três mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária. 

Nesta sexta-feira (18), os delegados Rodrigo Ayres e Felipe Marino Orosco, da Delegacia de Investigações Criminais de Sorocaba, (Deic), que conduziu a ação, esclareceram o caso. De acordo com as explicações, as fraudes provocaram rombo de quase R$ 200 mil à Prefeitura da cidade. 
Após fraudar o aplicativo, o suspeito passava-se pelo prefeito. Em mensagens encaminhadas a servidores municipais da Saúde, ele solicitava transferências de altos valores, alegando que o dinheiro seria repassado a fornecedoras de insumos para o enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. 

A Polícia Civil não divulgou a forma com que o homem clonou a ferramenta para que a apuração não seja prejudicada. Os delegados ressaltaram que, com a clonagem, o homem teve acesso a diversas informações, facilitando a prática dos golpes. O esquema causou prejuízo de R$ 180 mil aos cofres públicos.

Na casa do rapaz, os policiais encontraram uma arma, dinheiro, documentos e equipamentos comprobatórios dos crimes, assim como um veículo. Ele comprou, ainda, o automóvel após os crimes, com dinheiro público. As contas do acusado foram bloqueadas. Os delegados disseram também que o montante era suficiente para sanar parte do desfalque da verba da Prefeitura. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar