Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Vereadora denuncia falta de remédios para saúde mental

Publicada em 03/12/2020 às 23:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A vereadora Fernanda Garcia (Psol) está denunciando que, em meio à pandemia que tem agravado o quadro de problemas psicológicos da população no mundo inteiro, a cidade também passa por uma grave situação na área de Saúde Mental: além das inúmeras paralisações dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) por falta de pagamento dos funcionários, os pacientes estão relatando a falta de medicamentos psicotrópicos. Após receber a denúncia de diversos usuários, ela está apresentando na Câmara requerimento endereçado à Prefeitura, pedindo informações e reivindicando a volta do fornecimento dos medicamentos. Entre eles, estão psicotrópicos como Clomipramina, Depakote, Fenobarbital, Carbolite e o Lítio, que tem sofrido problemas de distribuição em todo o Brasil.

"Estamos falando sobre remédios antidepressivos, contra convulsões, hiperatividade psicomotora e transtorno bipolar, entre outros. São medicamentos que muitas pessoas assistidas pelos Caps necessitam. É uma irresponsabilidade permitir a falta deles", explica a vereadora, apontando também o que considera uma das causas da desestruturação dos Caps: a terceirização: "Com a terceirização dos Caps, a Administração parece tentar se eximir da responsabilidade de desenvolver uma política permanente para a Saúde Mental. Os Centros de Atenção Psicossocial deveriam estar integrados a toda estrutura de saúde pública, sobretudo às UBSs e a Estratégia de Saúde da Família, com servidores públicos atendendo e acompanhando a população", avalia.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar