Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Parques, Jardim Botânico e zoo têm capacidade de público alterada com novo decreto

Publicada em 03/12/2020 às 23:48
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade altera a partir desta sexta-feira (4) a capacidade de público do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, Parque Natural “Chico Mendes”, Parque Natural Ouro Fino, Parque da Biquinha, Parque da Água Vermelha “João Câncio Pereira”, Parque Municipal de Corredores da Biodiversidade (PNMCBio) “Marco Flávio da Costa Chaves” e o Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas”, seguindo o Decreto Municipal nº 25.989, publicado no "Jornal do Município de Sorocaba" de terça-feira (1º). O limite de visitantes do zoo será de 1,2 mil pessoas por dia; nos demais parques, o limite será de 650 pessoas por dia.

O decreto coloca a cidade dentro das regras estabelecidas para a fase amarela do Plano São Paulo, em razão da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), incluindo a redução na ocupação dos espaços de 60% para 40%. Até então o zoo estava com limite de 2 mil pessoas por dia e os demais parques com o limite de 1 mil pessoas por dia. Não será possível a entrada de visitantes após as unidades atingirem a sua capacidade de público. Já a visita ao Parque da Biodiversidade pode ocorrer de terça a domingo, das 9 às 17 horas, mediante agendamento pelo e-mail parquedabio@sorocaba.sp.gov.br.

De acordo com a Sema, todos os parques continuam sem atividades presenciais de Educação Ambiental, assim como não são autorizadas outras atividades coletivas em nenhum desses espaços. Todos devem cumprir os procedimentos de higienização e distanciamento social, minimizando, assim, o risco de exposição do público, dos funcionários, bem como da biodiversidade local ao novo Coronavírus. Entre as exigências do protocolo, estão o uso de máscara em todos os ambientes dos parques e o distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas. Totens com álcool gel estão disponíveis em pontos estratégicos e a recomendação é que as pessoas mantenham suas mãos limpas frequentemente. Outra solicitação estimula os visitantes para que levem sua própria água e evitem usar os bebedouros.

Alguns espaços estão fechados por questão de segurança, como os recintos do micário, do aviário, do serpentário e do ouriço do zoológico e os quiosques do Parque “Chico Mendes”. Além disso, os playgrounds do Parque da Biquinha, Parque “Chico Mendes” e Parque da Água Vermelha estão isolados e não podem ser utilizados pelos visitantes. Também houve aumento da frequência de limpeza e desinfecção dos banheiros dos parques. Banners ou placas foram instalados para orientar os visitantes a respeito dos protocolos de saúde e segurança.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar