Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< SOROCABA Campanha de Manga passou pelas redes sociais e carreatas

Publicada em 29/11/2020 às 23:34
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: divulgação)
A campanha eleitoral do candidato eleito, Rodrigo Manga (Republicanos), neste segundo turno, usou bastante das redes sociais, contudo não deixou do contato corpo a corpo, mesmo em meio à pandemia do novo Coronavírus. 

Nos dias que antecederam ao segundo turno, nem mesmo a chuva parou a carreata de Manga, que percorreu os bairros Paineiras, Vitória Régia, Mineirão e Conjunto Habitacional Ana Paula Eleutério. 

Logo na campanha do primeiro turno, Manga afirmava que a população pedia por mais saúde, educação, moradia própria e emprego. “Por onde quer que a gente passe, o sentimento é de fé e confiança em uma Sorocaba melhor e mais justa”, destacava. 

O republicano explicou que uma das principais demandas ouvidas durante a campanha foi melhorias na Saúde. Promessas de horário estendido nas Unidades Básicas de Saúde podiam ser ouvidas pelo candidato. 

Nas redes sociais, Manga também aproveitou para enaltecer suas posições, principalmente após os debates promovidos na cidade com sua adversária, Jaqueline Coutinho. “Ficou claro quem teve as melhores soluções e quem podia, de fato, trazer para a nossa cidade as mudanças que os sorocabanos querem ver”, pontuou em seu perfil no Facebook. 

Em um dos debates, ainda no primeiro turno, Manga destacou a questão do combate às drogas. “Em situação de rua na cidade, 85% são dependentes de álcool ou drogas. Por isso, primeiramente, vamos trabalhar a prevenção, que é o melhor caminho.”

Ele disse, ainda, que sua luta será no incentivo aos centros terapêuticos já existentes e trazer para Sorocaba um hospital de desintoxicação, que, na sua visão, permitirá a internação involuntária de pessoas que “perderam a noção do que é certo e errado”. 

Ao responder a Renan dos Santos (PDT), candidato no primeiro turno, sobre Saúde, Manga adiantou, ainda, que irá zerar as filas de consultas, exames e cirurgias. “Contratos precisam ser revistos e vamos ampliar o convênio com a Santa Casa de Misericórdia”, pontuou.  

Dos candidatos que perderam no primeiro turno, Manga não recebeu apoio do PSDB, já que a candidata Maria Lúcia Amary e o partido divulgaram que não iriam apoiar nenhumas das candidaturas que ficaram para o segundo turno. Por sua vez, candidato Flaviano Agostinho de Lima (Avante) apoiou a candidata Jaqueline Coutinho. O PDT ficou neutro, e o candidato Renan Santos dizia que não apoiaria nenhum dos dois. O mesmo respondeu o candidato do Psol, Raul Marcelo. Doutor Leandro, do Democratas, apoiou Rodrigo Manga, assim como o candidato do Solidariedade, Carlos Péper. 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar