Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDUCAÇÃO SP só deve reprovar estudantes que não entregarem atividades

Publicada em 11/11/2020 às 21:32
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Agência Brasil)
Os estudantes da rede estadual de São Paulo que entregarem as atividades exigidas ao longo do ano não devem ser reprovados, ainda que a aprendizagem esteja abaixo do esperado. A Secretaria Estadual de Educação apresentou ontem um planejamento que prevê que os alunos sejam avaliados nos anos de 2020 e 2021 como um único ciclo de aprendizagem. Assim, haverá uma tolerância com os estudantes que entregarem as atividades exigidas, esperando que seja alcançado apenas um “mínimo” de aprendizado. “Mesmo que você não alcance a aprendizagem idealizada, você poderá prosseguir se alcançar esse mínimo”, enfatizou o secretário da Educação, Rossieli Soares.

No entanto, segundo o secretário, 15% dos matriculados na rede estadual não têm feito essas entregas. Nesses casos, os estudantes podem ficar sem avaliação e ser reprovados. “Há uma probabilidade maior de retenção ao que não entregue atividades para a escola”, alertou Rossieli. A decisão final sobre as reprovações será tomada no conselho de classe, que avaliará o caso concreto de cada aluno. As atividades podem ser feitas pela internet ou pelo material impresso que, de acordo com o secretário, tem sido distribuído nas escolas. Rossieli disse, ainda, que vem sendo feito um trabalho de busca dos estudantes que não têm acompanhado as atividades escolares. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar