Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< COTIDIANO DS - INFORMAÇÕES

Publicada em 04/11/2020 às 22:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
MAIS INVESTIMENTOS  
Tendo em vista o agravamento dos gastos excessivos de grande parte dos governos estaduais e municípios, decorrentes das dificuldades impostas pela pandemia do novo Coronavírus às atividades econômicas e à vida dos brasileiros, todos eles agora estão em busca de formas de parceria com o capital privado e de abrir para investidores particulares áreas e atividades que só dispunham de recursos públicos. A aceleração de projetos de Parcerias Público-Privadas (PPPs), privatizações e concessões de serviços é o recurso de que estão lançando mão os governos dos Estados para dinamizar a atividade econômica a partir do ano que vem. 

UMA PESADA FATURA EXTRA 
Os gastos excessivos para combater a Covid-19 vão gerar uma fatura extra de aproximadamente R$ 260 bilhões em juros da dívida pública nos próximos 10 anos. É o que calcula o Tesouro Nacional. Desde 2015, o Brasil vem acumulando sucessivos rombos nas contas públicas, gastando muito mais que o valor arrecadado. Sabe-se que o rombo neste ano deve chegar a R$ 880 bilhões, considerando-se as contas do Tesouro, do INSS e do Banco Central.  
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar