Terça-Feira, 1 de Dezembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< COTIDIANO DS - INFORMAÇÕES

Publicada em 27/10/2020 às 21:39
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
PREÇOS CONTINUAM ELEVADOS                                                      
 Como este jornal tem publicado ultimamente, pelo menos até o final deste ano os brasileiros vão ser obrigados a conviver com a alta dos preços dos alimentos, principalmente óleo de soja, carne, arroz e feijão, entre outros. O dólar em alta e a oferta ainda escassa desses produtos, são fatores apontados por analistas para que os preços dos alimentos continuem com os preços elevados. Eles dizem que por enquanto não há sinais de que os preços do arroz, feijão e carne vão recuar. E tudo indica que até dezembro a inflação deverá continuar subindo acima do normal.

PROTEÇÃO AO PATRIMÔNIO 
Investidores e gestores foram surpreendidos pelo ritmo da alta de preços em outubro. Tendo em vista o cenário que se apresenta, a renda fixa pode ganhar força, com destaque para os títulos pós-fixados. Com a taxa Selic em 2% ao ano, menor patamar histórico, vários fundos de renda fixa e a poupança passaram a  ter rendimento negativo, o que vem estimulando a procura por ativos de maior risco.  

PAUTA ECONÔMICA
O Senado Federal colocou em pauta, antes das eleições, o cronograma de retomada de projetos da pauta econômica. Trata-se de uma tentativa de resposta à piora das incertezas em relação à economia e à paralisia diante do pleito municipal e do impasse fiscal. A ordem é limpar a pauta e as pendências para que, após as eleições, o Congresso possa se concentrar nas medidas fiscais.                  

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar