Sexta-Feira, 4 de Dezembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< CULTURA Ainda em tempo de pandemia, devotos recorrem a São Judas Tadeu, patrono das Causas Impossíveis

Publicada em 27/10/2020 às 21:23
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Arquivo DS)

Mesmo ainda em tempos de pandemia, o Santuário de São Judas Tadeu, situado no bairro do Central Parque, na Zona Oeste da cidade, está preparado para receber novamente nesta quarta-feira, 28 de outubro, significativo número de devotos do ‘santo protetor das causas impossíveis, desesperadas, perdidas e/ou de difícil solução’. Certamente, não será como em anos anteriores, quando mais de 10 ou 12 mil fiéis devotos do querido Apóstolo martirizado com Simão Apóstolo num 28 de outubro por volta do ano 70, de forma violenta e golpes de machadinhos, acorriam àquele querido

Santuário sorocabano, porém muita gente deverá passar por lá hoje, numa das seis missas que ali serão celebradas ao longo do dia, encerrando a Novena’2020 em honra de São Judas Tadeu.

O padre Flávio Jorge Miguel Júnior, reitor do Santuário, presidirá a celebração das missas das 7, 15 e 19h30 e o padre Wilson Bizzoni, vigário paroquial, as missas das 10 e 17 horas. Já a missa do meio-dia, ficará a cargo do padre Arari dos Santos Amorim, titular da Paróquia de Nossa Senhora do Povo, do bairro de Brigadeiro Tobias. Essa multiplicidade de horários, destaca o padre Flávio, “visa oferecer alternativas à presença dos fiéis, evitando, assim, aglomerações não recomendadas em consequência da situação de pandemia causada pelo novo coronavírus que ainda se faz presente. “Inclusive – acrescenta o reitor do Santuário de São Judas Tadeu -, em obediência às recomendações sanitárias, estamos seguindo todas as normas de distanciamento social entre os fiéis. E também não se permite, sob qualquer hipótese, a entrada na igreja daquele que não estiver usando máscara”.

Ainda como medida de prevenção, padre Flávio Júnior tem orientado sua equipe de voluntários a que higienize os bancos entre uma missa e outra. Os devotos, por outro lado, também poderão desfrutar da quermesse, velário com imagem de São Judas e loja de artigos religiosos durante todo este dia festivo junto ao Santuário. Mas àqueles que não puderem comparecer em razão de doença ou porque pertencem a grupos de risco, há a possibilidade de que acompanhem as missas ao vivo, transmitidas pela web tv (www.saojudastadeu.org.br ou link alternativo http://bit.ly/33OJDwC ) ou pela página do Santuário no Facebook.

SÃO JUDAS TADEU - Judas Tadeu nasceu em Caná da Galiléia na Palestina, filho de Alfeu e Maria de Cleófas, irmã de Maria Santíssima. Após sua escolha com Apóstolo, acompanhou Jesus em todos os seus momentos, dos quais a Sagrada Escritura narra sua fala durante a Última Ceia: "Mestre, por que razão hás de manifestar-te só a nós e não ao mundo?". Jesus respondeu a Judas Tadeu que esta manifestação estaria reservada para aqueles que guardassem a Palavra e fossem fiéis ao seu amor. Esteve também no Cenáculo em Jerusalém e, após a vinda do Espírito Santo, partiu para a Galiléia para anunciar os feitos de Jesus, indo depois a Samaria e Iduméria evangelizando também muitas outras cidades judaicas. Por volta do ano 50, Judas Tadeu participou do Concílio de Jerusalém, que foi determinante para o Cristianismo, pois libertou a Igreja nascente do peso da lei judaica. Passado o Concílio, Judas retomou sua empreitada missionária e percorreu a Mesopotâmia, Síria, Armênia e, ao chegar à Pérsia, contou com a companhia do Apóstolo Simão, conhecido como ‘o zelote’. Empreenderam vigorosa evangelização e suas pregações converteram a muitos pagãos e adeptos de outras religiões. Também despertou o ódio de muitos pagãos que planejaram contra eles incitando o povo a prendê-los. Assim sucedeu-se e Judas Tadeu e Simão foram presos e obrigados a negar Cristo e adorar a deusa Diana. Judas, então, brada em alta voz: "Para que fiqueis sabendo que estes ídolos que vós adorais são falsos, deles sairão os demônios e os hão de quebrar".

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar