Sexta-Feira, 4 de Dezembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ESPORTE Tite convoca para Seleção Brasileira Chamada será para os jogos contra Venezuela e Uruguai

Publicada em 22/10/2020 às 21:31
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Desde a partida passada, diante do Peru, Tite vem elogiando Neymar (Foto: divulgação)
O técnico Tite faz nesta sexta-feira (23) a convocação da Seleção Brasileira. Na sede da CBF, o comandante divulgará a lista de jogadores que enfrentarão a Venezuela e o Uruguai, nos dias 13 e 17 de novembro, consecutivamente. As duas partidas são válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. 

Por conta da pandemia do novo Coronavírus, a chamada será de modo virtual. Às 11 horas, Tite tornará pública a relação dos convocados. Na sequência, em tempo real, os jornalistas poderão fazer perguntas ao treinador e a sua comissão técnica. Brasil e Venezuela enfrentam-se no Morumbi, em São Paulo, às 21h30 do próximo dia 13.

Adversária da Seleção na terceira rodada das Eliminatórias, a Venezuela vem de duas derrotas na competição. Estreou fora de casa perdendo para a Colômbia, por 3 a 0, e depois foi batida em casa, pelo Paraguai, por 1 a 0. Por sua vez, o Uruguai iniciou sua trajetória com vitória em casa, por 2 a 1, sobre o Chile, mas caiu para o Equador. 

Diferente dos seus dois próximos adversários, a Canarinho está com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias até aqui. Na primeira rodada, o Brasil goleou a Bolívia por 5 a 0 na Neo Química Arena, em São Paulo. Depois, em Lima, derrotou o Peru por 4 a 2 em jogo que chegou a estar duas vezes atrás no placar.  

Na partida passada, diante do Peru, o técnico rasgou elogios a Neymar, tido como o grande destaque da partida. “O que eu posso dizer é que Neymar tem a imprevisibilidade, ele é arco e flecha, dá a assistência e a finalização. Está cada vez melhor e com um grau de maturidade cada vez maior”, ressaltou. 

Ele frisou, ainda, que Neymar é um jogador a que procuramos dar a bola no setor mais importante do gramado, próximo dos volantes adversários. “Não faz drible para malabarismo, faz para ir para o gol, para desequilibrar”, disse o treinador, na ocasião, ao ser questionado se vê Neymar como segundo jogador mais importante da Seleção. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar