Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< ECONOMIA Não investir no País será um grande erro, afirma ministro

Publicada em 20/10/2020 às 21:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Em conferência, Guedes diz que agenda de reformas está mantida(Foto: Agência Brasil)
O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta terça-feira (20) que os investidores mantenham ativos no Brasil. Guedes destacou que o País manterá a agenda de reformas, atualização de marcos regulatórios e privatizações. “Será um grande erro não investir no Brasil”, disse em conferência, transmitida pela internet, sobre oportunidades para Brasil e Estados Unidos, organizado pelo Milken Institute. Para o ministro, é natural que a taxa de câmbio fique mais alta, enquanto os juros são mais baixos. “Estamos há um ano e meio sem corrupção no governo, e isso nunca aconteceu antes”, afirmou.

Segundo o ministro, o governo não vai aumentar a carga tributária. “Não vamos aumentar impostos no Brasil, vamos reduzir tributos das empresas”, disse Guedes. Ele acrescentou que o governo quer criar imposto sobre dividendos e simplificar o sistema tributário no Brasil. A primeira parte da reforma tributária foi enviada pelo governo em julho deste ano, com a unificação de tributos na futura Contribuição sobre a Receita decorrente de Operações com Bens e Serviços (CBS), com alíquota única de 12%. A equipe econômica estuda ainda mudanças no Imposto de Renda.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar