Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Comerciante que reagiu a assalto e matou três se apresenta à polícia

Publicada em 13/10/2020 às 18:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: divulgação)
O comerciante que reagiu a um assalto e matou três ladrões que invadiram sua loja de roupas no Jardim São Guilherme, Zona Norte de Sorocaba, se apresentou nesta terça (13), acompanhado de seu advogado, no 8º Distrito Policial.
 
Segundo o delegado Acácio Aparecido Leite, o empresário vai responder ao inquérito em liberdade. O caso ocorreu na última quarta-feira (7), no início da tarde, e causou grande repercussão na cidade, com vídeos e fotos da ação virilizando nas redes sociais.
 
Ainda na sexta (9), o comerciante já tinha sido ouvido pela Polícia. Com o depoimento desta terça, faltam ouvir mais testemunhas e analisar os resultados das perícias criminaisl. 
 
Somente ao final dessas diligências que o inquérito indicará o que pode acontecer ao empresário. As armas foram apreendidas. Segundo o delegado, do trio de ladrões mortos, um homem de 32 anos de idade e outro de 30 já tinham sido presos por receptação e roubo; o outro ladrão tinha 20 anos e ainda não possuía passagem criminal.
 
O FATO - O caso ocorreu por volta de meio-dia, dentro da loja de roupas do comerciante. As câmeras de segurança do local registraram o momento em que um dos ladrões sacou a arma e apontou para o proprietário, que também tirou uma arma da cintura, o que desencadeou a troca de tiros - as imagens constam do vídeo que rodou as redes sociais. Apenas um dos ladrões estava armado, o único que aparece nas imagens e que dispara.
 
Dois homens morreram dentro da própria loja. O terceiro ainda conseguiu sair do local, mas caiu na calçada e morreu antes de receber atendimento médico. O comerciante não foi atingido por nenhum tiro.
 
A loja já teria sido roubada outras vezes e o comerciante não esperou a chegada da Polícia Militar. A arma de fogo que ele portava não era regularizada. A Polícia orienta a nunca reagir em assalto, em hipótese alguma.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar